A Manutenção de Arranjos de Flores

Arranjos de flores são ótimos para a decoração de festas, eventos, casamentos aniversários, formaturas e outros. Na maioria dessas festividades, eles estão lá, firmes e fortes, muito bem arrumados. O que muitos não percebem é que leva algum tempo para que estes arranjos fiquem prontos, pois são preparados com muitos detalhes. Volume, altura e o mais importante de tudo, a manutenção dos arranjos, devem ser levadas em consideração na hora de prepara-los. Quando todas estas etapas estão preparadas, o arranjo também vai estar. Veja neste artigo como fazer a manutenção de arranjo de flores!

Um Arranjo Para ser Feliz

Os arranjos de flores dão alegria em qualquer lugar que são colocados, transformando algo simples e sem vida, em um local muito mais perfumado, cheio de cor e com uma certa elegância, por menor que ela seja. Usando criatividade, imaginação e um pouco de técnica nas mãos, qualquer um pode montar um belo arranjo, sendo este para presentear, enfeitar ou apenas produzir um grande evento. Com manutenção e conservação, o seu arranjo, buquê ou seja lá o que for que você produzir com flores com certeza ficará muito mais resistente, além de receber a proteção que necessita para o mesmo possa sobreviver em qualquer local.

Para fazer um arranjo, combinações diversas podem ser feitas sem a menor preocupação, especialmente quando se realmente sabe montar um arranjo, sempre combinado as espécies certas. Mesmo assim, é livre a sua vontade na hora de montar um belo buquê ou um arranjo para enfeitar a sua sala de estar, não importa de que tipo seja!

Tipos de Manutenção Para Arranjos de Flores

Para começar a fazer a manutenção correta do seu arranjo, é muito importante prestar a atenção na base de tudo: Se você mão tem uma plantação de flores diversas em sua casa, então você terá que compra-las em algum local e por isso, é preciso saber qual as melhores flores que você deverá comprar, se elas estão em boas condições e outros fatores. Depois disso, outras etapas de manutenção de arranjos podem ser realizadas sem maiores problemas. Com certeza, são etapas que deverão ser cumpridas a risca! Vamos conferir para deixar os seus arranjos muito mais bonitos ? Veja abaixo!

1. Comprando e Adquirindo as Flores

Antes de mais nada, as flores que são vendidas em lojas com certeza vieram de uma plantação onde todas estavam muito fresquinhas, seguindo algumas regras, até que chegassem aos caminhões e pudessem, posteriormente, chegar as lojas para que possam ser compradas e adquiridas pelos compradores. Depois de algum tempo nas lojas, elas começam a ficar um pouco diferentes e algumas até murcham. É muito importante prestar bem atenção nos aspectos em que as flores se encontram antes de adquiri-las em uma dessas lojas. Sendo assim, evite as flores mas murchas, pois quando estão assim, é sinal de quem não vão durar tanto assim.

Depois de verificar as flores, é preciso saber quais espécies comprar para não fazer feito na hora de montar o arranjo. Harmonia entre as espécies compradas deverão estar sempre em sintonia. Garantindo esta etapa da manutenção dos arranjos, a durabilidade dos mesmos também estará garantida.

2. Chegando em Casa

Assim que você chegar em casa com as suas flores já compradas, seja em lojas ou centros de distribuição, não esqueça de retira-las cuidadosamente da embalagem, prestando a atenção nos botões. Vale lembrar que os arranjos que possuem mais botões indicam que a planta é mais jovem e existe grande chances de durarem mais, já que os botões ainda precisarão desabrochar logo depois.

Coloque as flores recém chegadas em um vaso com água para começar a refrescar o caule. Faça um corte longitudinal de aproximadamente 2 cm no cabo das flores para aumentar o contato da planta com a água, melhorando a absorção por parte das espécies. Faça o corte na haste da base da flor com ela já mergulhada no vaso com água, para que esta dica funcione perfeitamente. Com estes cuidados, as flores podem durar até cinco dias, conservando o viço e o seu perfume. Algumas podem durar até mesmo duas semanas, dependendo das etapas de manutenção. Por isso, tidas elas são muito importantes para a saúde do seu arranjo.

3. Harmonia Visual

Depois de cuidar das espécie, é hora de cuidar da harmonia do seu arranjo, o que também é uma etapa da manutenção do mesmo. Comece não misturando flores de cores muito diferentes, para não estragar o visual. O branco e o vermelho por exemplo, possuem um contraste muito rigoroso e bastante distinto e por isso, deve ser evitado ao máximo. Prefira por unir tons mais fortes como o vermelho, o laranja e quem sabe o amarelo, dependendo da sua tonalidade. O rosa também é uma ótima cor para combinar com os tons mais quentes. Alguns arranjos costumam ficar até mais bonitos quando são montados de forma homogênea, sem muitas mesclas, criando um buquê de uma espécie só. Dessa maneira, é muito importante prestar atenção nestas combinações!

Para dar mais volume para o seu arranjo, aposte nas folhagens. Elas dão mais graça ao arranjo e acabam aumentando a quantidade. Folhas verdes ou as mais ornamentais são ótimas para este fator de manutenção.

Os tons escolhidos por você devem estar combinando dentro e fora do arranjo, ou seja, as cores devem estar casando com a decoração do local ou até mesmo com a ocasião de cada arranjo. O ideal mesmo é colocar os arranjos de flores em locais mais neutros, simples e que costumam não ter muita graça. Prefira os espaços claros e não coloque as flores com perfumes muito fortes dentro dos quartos e cozinhas. Vale lembrar que algumas pessoas se incomodam com tanto odor em locais fechados!

4. No Vaso

É muito importante sempre trocar a água do vaso para que o seu arranjo dure mais. Flores como orquídeas, copos de leite e bromélias costumam ser mais independentes e por isso, se você não tiver tanto tempo para cuidar dos arranjos, escolha uma destas espécies.


Escrito por Jéssica Monteiro da Silva

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Arranjos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *