Arranjos De Flores Naturais

Flores são quase unanimidade entre as pessoas como bons presentes e itens de decoração. Uma sala ou mesmo uma varanda ganha muito mais vida com a presença dessas lindas e cheirosas companheiras. E não há dúvidas de que dentre as flores as naturais são as que mais chamam atenção. Então vamos dar algumas dicas de como montar belos arranjos de flores naturais bem como a melhor forma de conservá-las para que durem mais tempo.

Dicas Passo a Passo de Como Montar Arranjos

Nesse passo vamos te dar dicas de como fazer com que suas flores durem mais tempo perfumando e enfeitando os seus ambientes. Quando receber flores de presente ou mesmo passar por uma floricultura pertinho de você já sabe como conservá-las fresquinhas.

Passo a Passo

Passo 1 – Cortando os Caules

A primeira etapa para montar os seus arranjos de flores naturais é atentar para o fato de que você precisará cortar os caules das mesmas tendo o cuidado para não rachá-los. A melhor ferramenta para essa tarefa é uma tesoura de jardinagem ou então um facão que esteja bem afiado. Corte os caules com precisão para não rachá-los ou esmaga-los. Fique atento ainda para não se machucar ao fazer o corte.

Passo 2 – Corte na Diagonal

Após esse primeiro corte do passo 1 você deverá fazer um pequeno corte na diagonal na base do caule das flores, esse corte deve ter 2 cm e ser feito um de cada vez. A forma em diagonal ajuda a fazer com que aumente a área de absorção de água assim como os nutrientes. Os cortes devem ser feitos embaixo de água corrente para evitar que entre ar nas hastes.

Passo 3 – Remoção de Folhas

Para evitar que fiquem algumas folhas soltas na água remova as que se encontram mais embaixo na planta de maneira que apenas o caule das flores fique em contato com a água do arranjo. Folhas em contato direto com a água acabam apodrecendo.

Passo 4 – Deixe os Espinhos

Sabemos que não é nada agradável espetar o dedo no espinho de uma rosa, contudo, não se deve removê-los, pois é uma proteção natural dos caules. Quando os espinhos são removidos as flores naturais tendem a viver menos.

Passo 5 – Higienização do Vaso

Antes de colocar as flores no vaso é importante que você faça o trabalho de desinfetar o mesmo. Essa higienização deverá ser feita sempre que você for fazer a troca de água do vaso para garantir que não se torne um espaço cheio de micro-organismos. Uma dica é optar pelos vasos de prata que oferecem ação antibactericida.

Solução Antibactericida

Em meio copo de água filtrada fria deverão ser adicionadas duas colheres de sopa de vinagre branco e uma colher de sopa de açúcar. Misture bem os ingredientes e adicione essa solução ao vaso antes de colocar as flores nele. Complete o restante do vaso com água fria. Lembrando que o vaso deverá estar com cerca de dois a três dedos da base do caule com água apenas.

Passo 6 – Manutenção

Depois de ter seguido os passos anteriores você deverá ficar atento a manutenção dos seus arranjos de flores naturais. O cuidado principal deverá ser o de cortar o caule na diagonal, mais ou menos 1 cm. Faça a troca da água assim como da solução que ensinamos acima todos os dias ou então a cada dois dias. Preste atenção para não deixar água ficar acumulada no vasinho das suas plantas.

Outros Cuidados com as Flores dos seus Arranjos

– Cuidado com o Sol

A menos que a flor em questão seja de uma espécie que suporta o sol a pino como gerânios e onze-horas, por exemplo, cuide para que os arranjos não fiquem em locais com incidência direta. Os arranjos florais são mais indicados para interiores com distanciamento de janelas.

– Cuidado com a Umidade

Além do sol devemos atentar para a umidade presente no ar, algumas cidades em especial as litorâneas tendem a apresentar elevadas taxas de umidade relativa do ar. Nesses casos você deverá procurar por uma proteção para as suas flores ou mesmo deixa-las em locais com ar-condicionado.

– Geladeira

Pode parecer curioso, mas uma forma de fazer com que suas flores se mantenham bonitas por mais tempo é coloca-las na geladeira durante seis horas antes de fazer a montagem do arranjo.

– Não Toque nas Flores

Resista a tentação de tocar nas folhas e flores, pois isso pode ser extremamente nocivo para elas. Se perceber que existe acúmulo de pó você poderá usar um secador de cabelo para desfazê-lo, sempre na temperatura fria, ok?

– Flores que Soltam Leite

Uma grande dúvida de quem está usando arranjos de flores naturais que soltam leite como a bico de papagaio, por exemplo, é como fazer a limpeza do leite que fica ressecado. A melhor forma é passar um pouco de água quente antes de colocar as flores na água fria.

– Moeda de Cobre

Para quem está preocupado com a ação dos fungos no vaso do seu arranjo de flores naturais a dica é colocar uma moedinha de cobre no fundo do mesmo. O cobre possui ação antifúngica, no entanto, pode ocasionar a mudança de cor nas flores.

– Aspirina

Se o problema que você enfrenta é a ação das bactérias nas suas flores a dica é usar uma aspirina para te ajudar, pois ela é ácida e impede que ocorra a proliferação. Obviamente se for possível optar por conservantes de flores comercializados no mercado de cultivo de flores é melhor.

Dica Bônus – Como Secar as Pétalas das Flores

Mesmo seguindo as dicas que demos acima em algum momento as flores do vaso perder a sua vitalidade. A dica para manter essas flores sempre com você é secar as suas pétalas. Abaixo você confere duas formas de secar as pétalas, escolha a mais eficaz.

Secagem com Prensa de Papel

Para fazer a secagem das pétalas das flores com a técnica de prensa de papel você precisará de um livro grosso como uma lista telefônica ou mesmo jornais velhos. O peso de papel deverá ser colocada sobre as pétalas e permanecer assim por um período entre 2 e 4 semanas. Ao remover o peso de papel é necessário guardar numa caixa de papelão com papel manteiga. Manuseie as pétalas com cuidado, pois estarão quebradiças.

Secagem com Sílica em Gel

Um dos componentes da areia, a sílica, tem a capacidade de absorver água. Para aproveitar essa característica da sílica, que pode ser encontrada nas tonalidades azul ou branca, use uma caixa de plástico que esteja devidamente vedada, pode ser uma de vidro também. As pétalas deverão ser colocadas nesse recipiente e coloque sílica até cobrir as mesmas totalmente. Mantenha em temperatura de 130°C. Embora seja um procedimento custoso pelo preço da sílica é o único capaz de preservar as pétalas mais delicadas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Arranjos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *