Como Manter As Folhagens Bonitas e Saudáveis

As folhagens são ótimas opções para quem mora em apartamento ou nua casa que recebe pouca luz do sol. Além de marcar presença as folhagens também ajudam a embelezar os ambientes. Porém, é essencial saber que existe diferença entre os cuidados com outros tipos de plantas e as folhagens.

A seguir vamos falar mais sobre as folhagens, como cultivá-las e como mantê-las sempre saudáveis dentro de casa. A sua casa pode ficar muito mais bonita com lindas opções de folhagens, mas não pode descuidar da saúde dessas plantas para que elas estejam sempre lindas.

Como Manter As Folhagens Bonitas e Saudáveis

Como Manter As Folhagens Bonitas e Saudáveis

Cuidados Com Folhagens

As folhagens são plantas bastante resistentes que podem crescer e se desenvolver na área interna e externa das casas ou apartamentos. Isso acontece porque essas plantas não são afetadas por intempéries como o vento, por exemplo. Porém, as folhagens necessitam de uma quantidade mínima de luz do sol para permanecerem saudáveis.

Cuidados Com Folhagens

Cuidados Com Folhagens

Regas

Um dos erros mais recorrentes quando o assunto é cuidar de folhagens está no excesso de regas. Não se pode exagerar na quantidade de água usada para regar as folhagens, o mais indicado é tocar o substrato da planta para ter certeza de que está na hora de regar novamente.

A dica é regar somente se o substrato estiver seco, as folhagens precisam de água para sobreviver, mas quando em exagero as raízes podem acabar sendo afogadas ou então apodrecendo. Listamos abaixo sinais de que você está exagerando na rega das folhagens:

  • Apodrecimento – Quando começam a aparecer folhas podres ou então manchas de podridão nas folhas é sina de que ela está com muita água.
  • Deficiência – Quando as folhas se desenvolvem com deficiência também é sinal de que a água foi colocada em excesso.
  • Amarelamento – Se as folhas começarem a ficar amarelas é indicação de que a planta tem muito mais água do que necessita.
  • Queda – Quando até as folhas novas começam a cair é porque há algo errado com a planta.
  • Raízes – Observe o estado das raízes e verifique se não estão apodrecendo.
  • Horário de Irrigação – Para que a rega funcione bem a dica é irrigar pela manhã, evite fazer isso a noite, pois no caso de você jogar muita água não haverá como ela evaporar e assim ficará na planta lhe causando danos como, por exemplo, o apodrecimento das suas raízes.

Poda Das Folhagens

Fazer uma poda da folhagem é bom para preservar somente as folhas saudáveis, mas não é indicado podar toda a folhagem. O ideal é podar somente as folhas secas e amareladas, retire elas da planta para que não fiquem interferindo na vida das folhas saudáveis. Não tem um período específico definido para fazer a poda, observe e quando achar que já tem muitas folhas secas comece o trabalho.

Folhagens Doentes

Muitos são os fatores que podem causar doenças as folhagens como, por exemplo, o surgimento de bactérias, fungos, poluentes, uso de produtos químicos inadequados entre vários outros motivadores. Esses agentes podem trazer inúmeros problemas para as plantas e para o seu desenvolvimento saudável.

Dessa forma a dica é ficar de olho nas alterações que aparecem na planta, mudanças morfológicas e fisiológicas. Quando uma planta é infectada com um desses agentes causadores de doenças é essencial ter cuidados redobrados para evitar de perder a planta de vez.

Observe de perto o crescimento da sua planta, pois assim qualquer pequena alteração será percebida por você. Para ter um jardim sempre bonito e bem cuidado é fundamental cuidar bem das plantas.

Cuidados Com Folhagens Sensíveis

Algumas folhagens são mais sensíveis do que outras e por isso necessitam de cuidados diferenciados. Nesse grupo de plantas que são mais suscetíveis estão as samambaias, avencas e rendas portuguesas. Essas são plantas de sombra ou meia-sombra que podem ser fixadas em cascas de árvores ou então em outros tipos de substratos, desde que esses permaneçam úmidos. Apesar de necessitar de umidade esse tipo de planta precisa também de uma boa drenagem.

Para que esse tipo de folhagem mais sensível cresça saudável é importante que o local em que ela ficará apresenta boas condições para isso. O mais indicado é que seja um ambiente bem iluminado, mas que não receba a incidência direta do sol. Saiba que os cuidados com essas plantas começa já no momento de escolher o vaso em que ficarão.

Detalhes Sobre Folhagens Sensíveis

As folhagens mais sensíveis tem a raiz fina e dessa forma necessita de um solo mais fofo. Uma boa sugestão de substrato é o composto orgânico que é feito a partir da mistura da mamona, ferragem de madeira e outros elementos que conferem mais nutrição para a planta.

Para garantir mais conforto para a sua planta é interessante usar vasos de fibra de coco, pois eles dão uma sustentação melhor para a planta além de ter mais espaço para preencher com o substrato. Outra possibilidade é usar os vasos de cerâmica que também podem abrigar muito bem as folhagens.

Adubação

Para fazer a adubação a dica é dissolver o produto comprado nas lojas especializadas em água. Como as folhagens não dão flores e nem frutos não é necessário e nem indicado adubar mais do que duas vezes por ano. Se possível utilize produtos naturais para fazer a adubação como húmus de minhoca, por exemplo.

A cada dois meses você pode colocar cinco colheres de húmus em cada vaso para fazer a adubação. Isso costuma ser o suficiente não precisando usar produtos industrializados.

Temperatura

Outro fato importante e ao qual se deve ter atenção é a temperatura, pois deve variar entre cerca de 20°C e 25°C. Algumas espécies como samambaias, por exemplo, são prejudicadas pela ação dos ventos. Para resolver o problema você pode deixar a planta numa área fechada da sua casa que evite que haja exposição direta aos ventos.

Para que você consiga ter folhagens mais saudáveis é interessante tentar reproduzir na sua casa um ambiente que seja o mais próximo daquele natural em que a planta é encontrada. A samambaia, assim como outras folhagens, por exemplo, é encontrada em áreas de mata em que não incidência de vento direto.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *