Como Regar o Gramado

Um gramado para valer a pena tem que ser bonito, exuberante. Ele pode servir para simplesmente ser admirado, para ser um espaço para relaxar ou até mesmo um lugar para brincadeiras e jogos. Porém, um dos requisitos básicos para se ter um gramado bem bacana é que ele receba uma ótima quantidade de água. Porém, nós bem sabemos que a falta d’água é um problema que está atingido de cheio o nosso país. Veja dicas de como regar o gramado, sem desperdiçar água!

Molhar a Grama Somente Quando For Necessário

Quando você molha a grama sem que ela esteja precisando, o seu ato não só se trata de desperdício de água, quando a palavra de ordem é economizar, como isso poderá causar muitas doenças nela, entre elas, fungos. Água demais também fará mal a grama e devemos saber e levar em consideração o tipo de grama escolhida. Algumas precisarão de ais água, enquanto outras, nem tanto e outros fatores também são determinantes, como por exemplo: umidade, vento e temperatura.

Caso você tenha dúvida é simples saber se é a grama está querendo água ou não, basta observá-las. Dicas de como fica uma grama que está precisando de água:

  • A grama ficará na cor azul acinzentada quando estiver precisando de água e as folhas que são mais velhas começarão a murchar e a encaracolar.
  • Quando você pisa em uma grama que está precisando de água irá perceber que a marca da pegada ficará evidente por mais tempo, o que significa que ela está sem forças para se levantar. Se boa parte do seu gramado está dessa forma, entre 30% a 50% dele, é hora de regar.

Para Raiz Crescer Forte a Água Deve Penetrar Bem no Solo

Quando durante a rega, você se preocupa mais com a parte da superfície e não faz com que a água penetre bem no solo, o primeiro grande problema que se cria é o favorecimento do crescimento de ervas daninhas. Outro problema é que a raiz da grama vai crescer menos e mais fraca. Dessa forma, o gramado ficará mais exposto a determinadas doenças e à seca.

A rega deve ser quando a grama precisa,porém, deve ser feita na medida certa e da forma correta, caso contrário, ela não ficará bonita como se espera.

  • Para saber qual o exato tamanho da raiz é necessário cavar um buraco e medir o seu tamanho.
  • Considere a quantidade de água de acordo com o tipo de grama: grama azul a água precisa chegar até 15cm ou no máximo 20cm e para os demais tipos, a água deve chegar entre 20cm a 30 cm de profundidade.

Caso use um regador automático, faça o seguinte cálculo:

  • Deverá ser ligado durante 15 minutos, entre os horários de 18 e 24 horas e para ter certeza da quantidade de água que penetrou na terra, faça um buraco e observe ou se quiser, use uma sonda. Depois que passar 15 minutos que o regador estiver ligado e você verificar o quanto de água penetrou no solo, será possível recalcular e descobrir o tempo necessário.Um exemplo, a sua meta é 20cm e você percebeu que em 15 minutos, ele molhou somente 10cm, então, sabe que o ideal é deixá-lo ligado por mais 15 minutos.
  • O tipo de solo também é fator determinante para estipular o quanto de água será necessária. Mais ou menos a água no solo se comporta assim: para solos arenosos, 80 ml para chegar a 30 cm; para solos mistos (areia e argila), 98 ml para chegar entre 15cm e 20cm; para solos argilosos, para chegar a 10cm, 65ml.
  • Considere que são número aproximativos e cavar para ver até a água chegou é a melhor maneira de verificar o quanto é necessário fazer essa rega.
  • Os regadores devem ser calibrados.

O Horário de Regar a Grama é na Parte da Manhã

  • Com o regador automaticamente um pouco da água é perdida, pois se evapora antes de chegar até a grama. Nos dias mais secos se perde mais água ainda. Para diminuir o problema, a rega deve ser bem cedo, entre 4 e 9 horas da manhã. É o momento em que o ar está mais fresco. Outra vantagem do horário é o vento que é mais brando.
  • Nunca use água quente para molhar o gramado, isso faria com que elas se queimassem.
  • Caso ao regar, você perceba que antes de penetrar no solo a água está escorrendo, pare o processo deixe passar alguns minutos, entre 15 e 20 e recomece.
  • Alguns solos são mais lentos que os outros para absorver a água e muitas vezes, o motivo pode ser a quantidade de grama seca que ficou acumulada. Observe e resolva o problema, antes que isso provoque doenças no solo. Excesso de água também gera o mesmo problema.

Aproveitando a Água da Chuva

  • No caso de pessoas que possuem um regador automático basta usar um sensor de chuva para que ele se desligue, caso comecem a cair as gotas do céu.
  • Para saber quanta chuva a terra do seu gramado recebeu, use um pluviômetro e caso julgue necessário, regue um pouco mais para completar.
  • Caso você perceba que logo vai começar a chover, mas ao mesmo tempo, observa que a terra do seu gramado está muito seca, pegue um regador e a umedeça para judar o trabalho da chuva de penetrar no solo.

Barril Para Captar a Água da Chuva

Bom para o gramado e bom para economia de água é ter instalado um barril para captar a água da chuva do telhado da casa. Além disso, tê-lo ajuda a evitar que a sujeira do telhado vá para córregos, rios e lagos.

Fique Atento as Áreas Com Problemas do Gramado

É muito comum que o gramado não seja exatamente igual em toda a sua extensão. Por isso, fique atento a área que tem maior problema e exige mais água. Normalmente, as áreas que ficam sem sombra apresentam problemas. Procure observar, detectar o espaço com mais problema e dar mais atenção a ele.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *