Cultivar Horta em Apartamento: Dicas

E quem foi que disse que não é possível ter uma horta quando se mora em apartamento? É possível sim e não é complicado. A melhor maneira para se fazer essa horta de temperos é optando pela “horta vertical”. O que significa que você ainda terá a chance de ter temperos fresquinhos e ocupar o menor espaço possível na varanda e ou sacada do seu apartamento.

E através de ideias que deram certo, vamos mostrar o passo a passo para você cultivar uma horta no seu apartamento. Detalhes como a disposição dos vasos fazem toda a diferença para a sua plantação dar certo e você ter produtos fresquinhos bem ao alcance das mãos.

As Vantagens do Horta no Apartamento

Quem vive em apartamento, condomínio, sabe que não é tão simples poder ter sempre produtos frescos. Depende sempre de sair de casa e muitas vezes só do apartamento até o mercado mais perto. Bem diferente das casas de cidade pequena, que logo ali na esquina tem uma banca com hortaliças apenas colhidas e temperos fresquinhos.

E todos nós sabemos que a hortaliça e o tempero de ontem comprados na feira e guardados na geladeira não têm o mesmo sabor e perfume do que fresquinho. Então, a melhor forma de resolver esse problema é tê-los bem pertinhos das mãos, na varanda do seu apartamento. Dando assim para garantir pratos muito saborosos.

Além do problema não ter quintal ser uma desculpa, a varanda pequena também não é uma “boa” razão . A horta vertical resolve todos os problemas em relação ao espaço e ainda contribui para decoração do ambiente.

Vejamos Dicas de Arquitetos: Montar Horta Vertical

A primeira boa notícia é que os arquitetos garantem que a horta vertical pode ser montada em qualquer uma parede da casa. Claro, desde que se trate de uma estrutura forte ou não seja uma coluna da construção.

Normalmente, os sistemas para desenvolver uma horta vertical mais usados pelos arquitetos são dois: usando ferro ou madeira eles fazem uma espécie de estante. Veja mais detalhes de como fazer esse tipo de horta vertical!

  • O material pode ser ferro ou madeira.
  • Na hora de montar a estante é necessário observar uma inclinação de mais ou menos 30 graus em cada prateleira.
  • As prateleiras devem ser vazadas.
  • É necessário respeitar a distância mínima da estante com a parede de 5 centímetros. É o necessário para que se tenha a ventilação necessária.
  • Outra medida que deve ser respeitada é aquela entre cada uma das prateleiras. Esse medida pode variar entre 50 a 60 centímetros.
  • Sobre cada uma das prateleiras, você pode escolher para ser o seu vaso de temperos, coadores de alumínio, garrafas de plástico cortadas ou embalagens de leite. Essas são só algumas ideias para deixar o projeto mais original.

Além dessa primeira ideia, como foi dito antes, existe uma segunda, muito usada pelos arquitetos. Aprenda como fazer!

  • Nesta segunda ideia use uma trelia que pode ser de ferro, madeira ou alumínio.
  • Para colocá-la na parede e prender os vasos com os temperos deverão ser usados ganchos metálicos. Os vasos deverão ficar suspensos.

Em ambos os casos é importante que o lugar para fazer a horta vertical seja escolhido com critério. A preferência é por uma parte da varanda que receba a luz do sol pelo menos 6 horas todos os dias. Se o sol for da parte da manhã, melhor ainda. E claro, que tenha boa ventilação.

Cultivar Horta no Apartamento: Em Vasos

Um modo para resolver o problema da falta de sol em um determinado ponto da varanda que seria o ideal para colocar a horta vertical é usar vasos. Assim, você poderá deslocá-los para que as plantas recebem a quantidade de sol necessária.

Aprenda o passo a passo como fazer o cultivo da horta em vasos:

  • Faça a escolha do tipo de vaso que será usado para fazer a horta. Lembre-se que materiais como cimento ou cerâmica exigem que antes do cultivo seja feita a impermeabilização com piche. E somente depois de alguns dias, afim de que esteja completamente seco, é possível fazer o cultivo.
  • A drenagem é parte fundamental para que o seu cultivo vingue e para garantir que ela seja feita da forma correta, no fundo do vaso coloque materiais como brita, tijolos e telhas. E por cima do material escolhido, uma camada de areia.
  • A terra também é outro fator importante para que o cultivo da sua horta em apartamento seja bem sucedido. Faça uma mistura de substrato comercial com o preparado, ambos podem ser comprados em lojas que vendem material para cultivo de plantas. A quantidade correta dessa mistura é: uma parte de areia, uma parte de adubo animal como esterco e mais 5 partes de húmus de minhoca ou qualquer outro composto orgânico.
  • Se você além de fazer uma horta ainda quiser que ela seja orgânica, use adubos granulados que contenham NPK.
  • Depois da terra preparada é hora de colocar as sementes ou no caso de mudas, fazer o transplante. Em seguida, basta molhar e seguir as recomendações em relação ao período de regas e outro detalhe. Ambos são informados pelo vendedor da muda ou no caso das sementes, as instruções estão na embalagem.

Exemplos de Plantas Para Horta em Apartamento

Se você tem dúvidas quais plantas pode cultivar na sua horta de apartamento, confira aquelas que são dão perfeitamente com vasos e crescem naturalmente. Anote: salsa, morango, coentro, cebolinha, tomate-cereja, rúcula, pimentão, manjericão, couve folha, alecrim, calêndula, sálvia, orégano.

No caso de apartamento que não recebe uma boa quantidade de luz solar, menos de três horas ao dia ou nenhuma, algumas plantas são mais indicadas. São aqueles espécies que mesmo sem a quantidade mínima de 6 horas de sol diárias conseguirão crescer e com boa qualidade. Sem sofrer com a falta de luz. Veja algumas opções pera esse caso!

Aposte na salsa, a cebolinha também é outra opção e mais, a capuchinha, o hortelão e o tomilho. Com essas dicas é só escolher o lugar do apartamento, o que será plantado e ter os produtos frescos que você sempre quis, a hora que quiser.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *