Flores e Sabores

Para quem pensa que flores a mesa servem apenas para decorar temos que dizer que na verdade elas podem ser parte do prato principal. Algumas flores são comestíveis e podem fazer bonito no prato com sabores fantásticos. A primeira coisa que devemos destacar é que já comemos algumas flores em nosso dia a dia como, por exemplo, brócolis, alcachofra e couve-flor.

Contudo, as flores comestíveis de que estamos falando são aquelas que muitas vezes temos em nosso jardim e pensamos se tratar apenas de um colorido extra para a vida. Se você tem seu jardim ou em vasos flores como dálias, rosas e cravos deve saber que já tem uma série de opções de alimento a sua disposição. Algumas flores como aquelas de horta nos oferecem seus frutos como alimentos, como o caso do chuchu, abobrinha entre outras.

Mato Que se Come?

Talvez você já tenha ouvido essa expressão “mato que se come”, de forma geral ela se aplica as plantas alimentícias convencionais (PANC). Essas são plantas que não são reconhecidas oficialmente como comestíveis pelo fato de terem perdido essa função. Na lista dessas plantas estão flores silvestres como dente-de-leão, flores de ipê, acácias entre outras.

Espécies de Flores Comestíveis

Violetas verdadeiras

Uma das flores mais versáteis no que diz respeito a flores comestíveis, a Viola sp, pode ser usada para fazer xarope, sorvete, geleia, refogados e até mesmo cristalizadas desde que estejam frescas. Lembrando que não se pode confundir essas violetas com violeta-africana.

Calêndula

A Calendula officinalis é usada como alimento desde a Idade Média quando era bastante presente nas hortas da Europa e da Ásia. Quando desidratada essa flor era usada como corante para caldos assim como queijos amarelos também podia ser empregada em bolos e na manteiga. As pétalas dessas flores podem ser utilizadas para compor pratos como saladas, crepes e também no arroz como um substituto do açafrão.

Gardênia

O Gardenia jasminoides assim como outros jasmins verdadeiros podem ser usados como base para doces, refogados ou ainda podem ser consumidos cristalizados.

Acácia branca

Além de lindas essas flores podem ser consumidas empanadas, seu nome científico é Robinia pseudoacacia.

Rosas

As rosas são bastante interessantes nesse quesito de flores comestíveis porque todas do gênero Rosaceae podem ser consumidas como alimento. Porém, daremos destaque para a Rosa búlgara que tem um óleo essencial que além de ser usado para fazer perfumes também pode ser ingrediente de geleia.

Capuchinha

A flor conhecida popularmente como Capuchinha ou Flor de Nastúrcio tem como nome científico Tropaeolum majus e pode ser reconhecida tanto por seu sabor como por seu visual. Uma planta que teve sua origem no Peru sendo levada para a Europa no século XVI e cujo gosto tem um toque picante. Possui grande quantidade de vitamina C.

Lírio-do-brejo

A flor cujo nome científico é Hedychium coronarium é bastante usada para fazer saladas assim como para doces como geleias e mousses.

Alfazema

As flores da Alfazema são as lavandas que pertencem ao gênero lavandula e podem se usadas para fazer geleias e doces. Além disso, também podem ser usadas em pratos cozidas ou refogadas.

Amor-perfeito

A flor Viola tricolor, conhecida popularmente como amor-perfeito é nativa da Europa e da Ásia Ocidental e pode ser usada para fazer sobremesas e saladas. Ficou famosa por ter propriedades diuréticas.

Ipê

As variedades de flores de ipê que podem ser incluídas nas suas refeições são: as amarelas da Handroanthus chrysotichus e as brancas da Tabebuia roseoalba. Podem ser consumidas tanto cozidas como cruas. Dentre as possibilidades de pratos estão saladas, flores empanadas, como parte da farofa ou ainda refogadas. Algumas pessoas se arriscam a comer também as flores roxas da Tabebuia impetigosa. Outras variedades de ipê não aparecem em receitas.

Hibisco

Grande parte dos tipos de hibiscos são comestíveis, contudo, vamos dar destaque para o Hibiscus sabdariffa que é base para bebidas, geleias, chás e licor.

Flor de Borago

A origem da Borago officinalis é o norte do continente africano e ficou conhecida por ter bons efeitos sobre a mente e o corpo. A atenção nesse caso deve ficar para o seu uso somente enquanto está fresca, pois depois que ela seca perde as suas propriedades. Pode ser usada para fazer bolos, sobremesas e também em saladas.

Dente-de-leão

Essas simpáticas e pequeninas flores podem ser usadas para pratos como saladas e refogados assim como em geleias. Seu nome científico é Taraxacum officinalis.

Tenha Cuidado Para Comer Flores

É natural ficar com vontade de sair provando uma grande diversidade de flores e sabores a partir do conhecimento de que algumas são comestíveis, mas é essencial ter cuidado para evitar complicações.

  • Conheça bem as flores antes de comê-las

Antes de preparar um prato apetitoso com as flores comestíveis tenha certeza de que as conhece muito bem e que realmente não oferecem nenhum risco para a sua saúde. Lembre-se que algumas flores apresentam substâncias tóxicas em diferentes partes do seu corpo. Além disso, algumas flores podem ser muito parecidas com outras criando assim uma confusão de quais podem ou não ser comidas.

  • Procedência das flores

O local de onde vieram as flores que irão para o seu prato também é essencial, evite aquelas que têm origem em floriculturas ou que foram colhidas em parques públicos ou na beira da estrada. Essas flores podem trazer em si agentes contaminantes como agrotóxico.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *