Flor Palmeira Ráfia

Quem gosta de jardim está sempre procurando novidades para acrescentar um colorido mais intenso e também novas formas para a composição geral das plantas. Uma dica é ficar de olho na Palmeira Ráfia que, além de bastante interessante, também se adapta bem aos ambientes internos.

Ráfia

Ráfia

Cuidados Com a Ráfia

Porém, é importante destacar que mesmo sendo uma flor que pode ser cultivada dentro de casa é importante manter alguns cuidados especiais com a Palmeira Ráfia. Para evitar, por exemplo, que as pontas das folhas dessa planta comecem a ficar com aquele tom feio de marrom é importante garantir uma fonte de luz natural todos os dias.

Imagem de Amostra do You Tube

Observe também a terra do vaso da planta, no caso de ela estar molhada adie a rega, pois não será necessária. A Palmeira Ráfia não gosta de inundações então fique atento a quantidade de água que coloca no vaso. No geral, se trata de uma planta bem bonita e diferenciada para se ter no jardim.

Características da Ráfia

A Palmeira de Ráfia é um tipo de planta de folhas largas pertencente à família das palmeiras Arecaceae, como o coqueiro e a tamareira, que são da mesma espécie. Ela recebe esse nome por causa da fibra que lhe é extraída, chamada ráfia. Também é conhecida como rafis.

Características

Características

Essa palmeira de origem chinesa e porte médio, pode chegar a 3 ou 4 metros de altura do solo. Uma curiosidade dela é ser dióica, ou seja, podemos encontrar plantas com flores femininas e outras com flores masculinas. As folhas seguem o mesmo padrão, são estreitas, frisadas e com palmas que lembram um leque aberto.

É uma planta de folhagens ornamentais e que fica muito bem em vasos dispostos em ambientes fechados ou em cantos pouco ensolarados. É uma palmeira muito versátil e atrativa em vários lugares. Quando estiver em interiores, não se deve regar diariamente, apenas umas três vezes por semana.

Imagens de Ráfia

Posts Relacionados

Confira nossas dicas com plantas para jardim interno e aprenda a escolher as melhores espécies de plantas para dentro de casa. Veja também quais são as plantas que se adaptam ao banheiro e dê um toque especial nesse cômodo da sua casa.

4 comentários

  1. Olá, gostei muito do blog, e estou precisando de umas dicas.. Tenho uma ráfia há um tempo já, e suas folhas estão com um tipo de fungo, eu acho, já tive que tirar uns 05 galhos e ainda tem pelo menos mais uns 03 que terei que tirar, mas daqui a pouco vou ficar sem nenhum galho.. :( Inclusive fui numa casa que vende essas ráphias e me disseram para diluir em água e passar 1 vez por mês nas folhas um produto chamado Calpik Pikapau – fertilizante mineral misto foliar com sufato de cobre.. mas de nada tem adiantado, o que posso fazer?
    Tenho uma foto dela que gostaria de lhe mandar, é possível? meu email é [email protected] aguardo contato..

    Obrigada

    • Para controle dos fungos da parte aérea, recomenda-se a poda das folhas afetadas e sua retirada do local de plantio, eliminando-se a fonte de inóculo. A irrigação das plantas por aspersão não é recomendada, pois os conídios (esporos do fungo) serão disseminados para plantas sadias. A melhor forma de aspersão é a localizada.

      Recomenda-se espaçamento adequado entre as mudas, manutenção da cultura a limpo, controle da umidade (drenagem e regas) e descarte e destruição das plantas doentes, evitando-se assim a disseminação dos patógenos. No caso da fusariose, o controle preventivo também pode ser feito através do emprego de técnicas de solarização. .

      Para todos os fungos é imprescindível desinfestar as ferramentas de cultivo e os vasos reutilizados, através do emprego de uma solução de formaldeído a 4%, para evitar o progresso das doenças.

  2. OLA MINHA PALMEIRA RÁFIA SECOU AS FOLHAS MAS UMA FOLHA PERMANECEU VERDE E BONITA, GOSTARIA DE SABER SE POSSO FAZER UMA TOSA NELA?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>