Erva-cidreira: Uma Planta com Propriedades Medicinais

Todo mundo conhece aquele famosos cházinho de erva cidreira. O que muitos não prestam atenção são nas suas propriedades medicinais. Apesar do seu cultivo ser bastante fácil, a erva cidreira é bastante usada na área da saúde, como um verdadeiro sossega leão natural.

Erva Cidreira

Erva Cidreira

Além de suas características botânicas, a Melissa officinalis também é bastante útil na comercialização, o que contribui para que alguns agricultores ganhem a vida. Neste artigo, você vai conhecer todas as características medicinais da erva cidreira e suas propriedades biológicas.

Descrição

É uma planta da família das herbáceas: “perene, aromática, ramificada desde a base, ereta ou de ramos ascendentes, de 0,3 a 1,0 m de altura” segundo pesquisadores. É considerada uma espécie de pequeno porte. O caule é considerado “em tufo”. No que diz respeito as suas folhas, os especialistas da área fazem uma descrição bastante científica: “Folhas opostas, oblongo-agudas, ovais, verde-claras e brilhantes, denteadas, de 3-6 cm de comprimento e olentes”. Para quem achou que a erva cidreira não florescia, aqui vão as características de suas flores que mesmo sendo raras, aparecem em determinadas épocas do ano: “Flores pequenas inicialmente são brancas ou amareladas, reunidas em glomérulos, axilares. Quando adultas as flores permanecem brancas ou se tornam róseo-violáceas em umbela”. Assim como existem as flores, também há a produção de frutos: “O fruto é composto por quatro aquênios oblongos ou ovais, castanhos, lisos sem pelos”.

Na Medicina

A erva cidreira pode ter muitas utilidades na medicina. Ela pode ajudar no combate àquelas chatas dores de cabeça, alguns problemas digestivos, cólicas intestinais, ansiedade e todos os tipos de nervosismo. Segundo profissionais: “Suas folhas e inflorescências são empregadas na forma de chá, de preferência com a planta fresca”. Abaixo, saiba como preparar o chá da erva cidreira: o principal remédio para todos esses sintomas.

1° Receita

  • Adiciona-se água fervente em uma xícara de chá
  • Use uma colher de sobremesa com folhas e ramos frescos ou secos da erva cidreira desde que estejam bem picados.
  • Coloque na dose de uma xícara chá pela manhã e outra à noite para que as suas propriedades surtam efeitos.
Imagem de Amostra do You Tube

2º Receita

  • Use aproximadamente uma xícara de café preenchida com  folhas verdes e bem picadas para ½ litro de água.
  • Recomendado tomar uma xícara de chá mais ou menos quatro vezes ao dia
Imagem de Amostra do You Tube

Banho Relaxante

A erva cidreira também pode proporcionar uma relaxamento a mais e livrar você do estresse do dia a dia. Confira abaixo uma receita de banho relaxante feita com as folha da erva cidreira.

  •  Durante mais ou menos uns 15 minutos, prepare o infuso com a ajuda de uma adição de ½ litro de água fervente.
  • Adicione umas 15 colheres de sopa de folhas e ramos florais bem picados picados na água.

Picadas de Insetos

Além de servir para amenizar alergias causadas por picadas de insetos, as folhas de erva cidreira também contribuem para o desentupimento das mamas. Para diminuir esses efeitos, basta usar compressas feitas com as folhas da erva.

Ferimentos

Esmague folhas frescas esmagadas sobre os ferimentos estejam eles aonde for. Cubra bem com um bad-aid posteriormente.

Febre Causada Por Gripe

As ervas cidreiras podem ser ótimas para amenizar febres causadas por gripes. Para amenizar tais efeitos, basta tomar 1/2 xícara de chá a cada 2 horas no dia.

Cuidados

Lendo este artigo, é facilmente perceptível que a erva cidreira possui propriedades anti-alérgicas acima de tudo. Porém, alguns cuidados devem ser tomados para quem posui peles sensíveis, por exemplo. A erva cidreira usada em excesso nesses tipos de pele pode causar uma irritabilidade ainda maior. Outros danos que podem ocorrer como uso da erva em excesso são:

  • Eliminação de potássio do organismo com o uso de doses exageradas da erva cidreira
  • Segundo alguns profissionais: “Por vezes o efeito sedativo é antecedido de um curto período de excitação. A ingestão de 2 g de óleo essencial pode provocar sonolência, bradicardia, bradipneia e hipotensão”.
Saiba dos Benefícios

Saiba dos Benefícios

Cultivo e Origem

A erva cidreira possui origem em países asiáticos. Ela se adapta bem a climas temperados porém quentes. A erva cidreira já tem vasto desenvolvimento no Brasil, tendo seu principal cultivo na região amazônica do país. Segundo alguns pesquisadores: “Cresce em tufos nos jardins ou nos seus arredores. Alguns agricultores procuram cultivar a Melissa em terrenos próximos a bosques, arroios e rios, em locais frescos e meio sombreados”.
O plantio da erva cidreira pode ser feito o ano todo, pois ela quase não é atingida por pragas e doenças. A unica doença conhecida por prejudicar as folhas da erva cidreira é um vírus que costuma descolorir as folhas: “este vírus pode ser evitado quando se proporciona boa luminosidade para as plantas”. As plantações de erva cidreira também podem ser atacadas por formigas.

Propagação

Como a germinação da erva cidreira é lenta, ela pode ser propagada através de suas sementes sem maiores problemas. Outros métodos mais complexos também podem ser usados para propagar a espécie: “estacas (pedaços de ramos com 20 cm de comprimento) ou divisão de touceira (trazer junto à haste um pedaço de rizoma)”. No que diz respeito a divisão em touceiras, prática muito comum para grandes plantações, pesquisadores indicam: “A divisão de touceiras deve ser feita de preferência na primavera e, no momento do plantio, as partes retiradas da planta-mãe devem ser enterradas com cerca de 5 cm de profundidade. Na divisão de cada planta, deve-se dividir também o rizoma”.

Clima Para Cultivo

As erva cidreiras gostam bastante da luz do sol, mas em determinadas partes do dia, podem preferir áreas sombreadas. Ela possui muita necessidade de receber luz solar, mas não tolera isso de forma excessiva. Segundo especialistas: “Tem preferência pelo calor moderado, por uma umidade branda e crescendo em locais onde existe um pouco de sombra. Em locais excessivamente sombreados o aroma das sumidades floridas e folhas é grandemente atenuado”. A erva cidreira não resiste a frios intensos e nem a geadas. Dificilmente elas sobrevivem nestes tipos de clima, necessitando de um clima mais temperado ou subtropical.
Escrito por Jéssica Monteiro da Silva

Um comentário

  1. neste artigo tem fotos de capim santo e não de erva cidreira.
    ATENÇÃO!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>