Feijão Borboletas – Propriedades Medicinais

O feijão borboleta é uma planta de característica exótica, parecendo com o órgão genital feminino, tendo duas cores, sendo nas pétalas branca, a parte de dentro de miolo branco ou as pétalas e o miolo totalmente brancos, mas sempre que for um tom azul é bem intenso. Podendo ser plantado em um vaso comum de plantas, ele tem rápido crescimento e é uma das plantas que geralmente passa maior parte da vida florida, o que enche os olhos de admiração ao ver. Tendo origem na família das ervilhas e do feijão, tem nome também de ervilha-borboleta ou cunhã. É uma planta que contribui para solo em que é plantada, tornando-o mais saudável e é de fácil adaptação, podendo ser plantada em qualquer clima e em qualquer tipo de solo. Tem cerca de 4 metros de altura, sendo com folhagens vigorosas e de cores intensas como o verde escuro.

É utilizada em jardins grandes, já que tem a altura alta, mas também, em jardins pequenos pois são plantadas em vasos menores. A folhagem verde escura ofusca o azul da planta, são utilizados em pérgolas, portais e cercas pois é trepadeira e se prende a essas estruturas. São conhecidas também como flores solitárias. Tem como fruto as vagens planas que medem cerca de cinco a sete centímetros, com sete ou dez sementes no interior. É utilizada na cozinha no preparo de alimentos que precisam de coloração como sorvetes, arroz, gelatinas, entre outro, devido a sua pigmentação azul, e também em refrescos, tapioca, sopas, chás, entre demais alimentos.

Uma receita que pode ser feita levando em conta a gastronomia decorativa é o arroz azul, em um recipiente, de prefencia de louça, coloque cerca de sete ou dez folhas de feijão borboleta, em seguida ferva duas xicaras de chá de agua filtrada e, logo após o ferver misture agua no recipiente onde esta as pétalas e as esprema até que agua fique azul, assim elas estarão liberando o corante azul. Em seguida, lave a quantidade que irá fazer de arroz e coloque nesse mesmo recipiente e deixe de molho por aproximadamente doze horas. Após isso separe o arroz da agua e cozinhe como de costume o arroz só que com a agua em que ficou de molho ele ficara com uma tonalidade azul, decorando o prato. Se quiser o arroz com o tom mais forte é só adicionar mais pétalas na hora de espreme-las.

É utilizado principalmente na área medicinal, alivia sintomas de infecção nas gargantas, auxilia no estimulo da memória deixando-a forte e saudável, como antitérmico contra as febres, infecções nos olhos, calvície, problemas estomacais como a indigestão, é hempatoprotetora sendo antidiabética e curando feridas na pele causadas pela picada de insetos e algumas doenças de pele. Nesse caso são indicadas algumas bebidas que podem ser feitas com o feijão borboleta, como o chá que iremos ensinar. Coloque numa chaleira seiscentos ml de agua filtrada, logo após adicione sete flores de feijão borboleta e adoce a gosto. Ferva cerca de vinte minutos até a coloração da agua ficar azul. Assim que fervida espere esfriar e sirva.

E tem também o frisante, que pode ser servido em qualquer hora do dia, adicione um litro de agua filtrada em uma leiteira e deixe ferver juntamente com dez gramas de folhas de feijão borboleta até que a agua mude sua coloração, a seguir adicione nessa mesma chaleira adicione cerca de cem gramas de açúcar e mexa bem e desligue o fogo, deixe esfriar e quando estiver frio, adicione trinta gramas de limão, assim que adicionar o limão a coloração azul da agua mudará para rosa, após esse processo, coe a agua e coloque-a em uma garrafa sem vácuo e leve a geladeira. Pode servir gelado acompanhando várias refeições.

Assim como todo medicamento natural, se aparecer algum sintoma incomum deve-se suspender o uso e caso os sintomas continuem procure um médico e diga que tomou esse essas bebidas a base de feijão borboleta. Mas são muito raros algum sintoma indesejado, e o gosto deles são excepcionais.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Naturais

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *