Lavanda – Significado Esotérico

Lavanda ou também conhecida como alfazema, de arbusto cinzenta e flores roxas, que quando secam tomam tons roxo azulados. De perfume característico e exuberante, é uma planta simbólica a Iemanjá e Oxum. Transmite paz, tranquilidade e segurança. Seu aroma, cor, textura faz despertar os sentidos, além de ser uma planta amplamente utilizada em rituais como banhos, defumações e também como forma de benzer indivíduos.

Seu nome científico é Lavundula officinalis chais e através dela, algumas crenças acreditam que é possível estabelecer o equilíbrio interno nas pessoas e ambiente, trazendo a harmonia e equilíbrio ao local e espírito. Ela se enquadra, de acordo com erveiros como ervas mornas, ao qual essencialmente mantém a saúde do corpo físico e de espírito.

Aromas, Sentidos e Significados

A palavra lavanda têm origem no latim, lavare, de lavar. Na época de civilizações como a romana, esta era utilizada em banhos, sendo esta introduzida na Inglaterra, onde conquistou a população e persiste até os dias atuais. É composto principal em muitas águas de colônia, e antigamente seu óleo essencial era usado em festivais e igrejas, onde eram jogadas no chão para liberar seu cheiro inconfundível e harmonioso.

É cultivada em muito países do mundo, mas o país que se destaca em sua produção é a França. Seu óleo é límpido, com gosto amargo e cheiro popular, já que engrandecer com seu aroma floral, suave sendo muito popular.

Estas plantas contém alto teor de taninos, óleos essenciais e minerais. Em suas propriedades podemos citar sua ação calmante, estimulantes, principalmente ao sistema nervoso central, digestiva, amplamente usada para curar dores de cabeça, insônia, náusea, asma, problemas respiratórios. É possível tomá-la como chá, feito infusão da planta, nem é necessário adoçar o chá feito com suas flores. É um ótimo remédio alternativo e natural ao corpo.

Seu óleo essencial é considerado um dos que mais se adaptam para variados tratamentos, sendo altamente versátil para terapias. De acordo com estudos realizado com seu óleo essencial, descobriu que em crianças com eczemas, seu uso através de massagens se mostrou altamente benéfica. Ainda, durante o parte o óleo auxilia na medida que diminui as contrações mais dolorosas, e ajuda a relaxar e acalmar a mãe neste momento através de água aromática.

Seu óleo ainda pode ser aplicado no intuito de diminuir dores musculares e também da articulação através de banhos com lavanda. Pode ser aplicado ainda no couro cabeludo com o intuito de fortalecedor e para o tratamento de pele acneica.

É utilizada ainda na terapia via aromas, ou aromaterapia, onde é útil para dores de cabeça, cansaço, exaustão cerebral. Pode ser aplicada em inflamações, eczema, problemas de pele, cistite, conjuntivite, laringite.

O uso de algumas gotas do óleo essencial em travesseiros ajuda a aliviar a insônia, o estresse. Um banho com o óleo proporciona relaxamento e é refrescante, ajudando a restabelecer o equilíbrio corporal. Ainda é ótimo como inseticida natural, se for combinado com óleo de girassol, pode passá-lo no corpo para espantar os pequenos insetos.

A lavanda além de ser uma planta ritualística, ligada ao equilíbrio, paz e conforto externo, suas propriedades são sentidas quando internalizadas ao organismo de maneira vasta, ampla e muito aromática!


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Naturais

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *