O Cultivo da Flor de Lótus

A Flor de Lótus é uma espécie vegetal que possui o nome cientifico de Nymnphaea Lotus. Essa espécie vegetal é nativa do continente asiático (das regiões que envolvem países como Japão, Filipinas e Índia), e é popularmente conhecida pelos nomes de: Lótus do Egito, Lótus Egípcio, Lótus da Índia e Lótus Sagrado. Essa planta também é chamada como a Flor de Buda.

Curiosidades Sobre a Flor de Lótus

  • A Flor de Lótus é uma espécie vegetal que é repleta de simbolismo na área da espiritualidade.
  • Os povos orientais possuem a crença que a Flor de Lótus é um sinal de espiritualidade, pois eles acreditam que a planta só desabrocha na Terra, após ter ocorrido o nascimento da mesma no âmbito espiritual.
  • Para os indianos, a Flor de Lótus está associada a figura do líder espiritual Buda, por isso a planta possui o nome popular de Flor de Buda.
  • A Flor de Lótus representa a pureza, pois segundo os orientais, essa espécie vegetal  surge limpa e pura, do centro das águas cheias de lama.
  • A Flor de Lótus é uma espécie vegetal que nasce normalmente em locais úmidos e alagados, inclusive na lama.
  • A Flor de Lótus pertence a família botânica das Ninfeáceas, e essa espécie vegetal se destaca por ser exótica, rara e para diversas culturas é uma planta sagrada.

As Características da Flor de Lótus

A Flor de Lótus é uma espécie vegetal de pequeno porte, que atinge uma altura média de 50 (cinquenta) centímetros acima do nível da água onde a planta é cultivada. Sua principal característica é que o caule e a raiz dessa espécie vegetal ficam embaixo d’água, enquanto as flores ficam flutuando. As folhas se destacam por conseguirem se auto limparem, isto é, elas possuem a capacidade de repelir a poeira e os micro-organismos sozinhas. As folhas apresentam formato circular, sendo bastante similar a pétalas.

As flores chegam a tem 25 centímetros de diâmetro, e são solitárias. Geralmente essa planta floresce na época da primavera, e a flor fica aberta durante 02 (dois) dias, para depois a flor perder todas as pétalas, permitindo que o fruto da Flor da Lótus fique exposto e a mostra. A flor exala um perfume muito agradável e suave, e pode ser utilizada na confecção de arranjos de flores. O desabrochar geralmente acontece nos meses de Dezembro e Janeiro, trazendo grande beleza aos locais onde a planta é cultivada.

As flores da Flor de Lótus geralmente são de cores branca, rosa e brancas com a borda em tons de rosa. O fruto é meramente decorativo, e quando se encontra maduro, ele apresenta em suas cavidades, sementes que são comestíveis. É uma planta que necessita estar exposta ao sol durante o maior período do dia, sendo bastante sensível ao frio e à geadas.

Quando a planta consegue se desenvolver e crescer, é bastante rústica e praticamente não dá nenhum trabalho para quem cultiva. Apesar de serem plantas muito bonitas, devido as suas características, a Flor de Lótus não é utilizada para fins ornamentais. Uma curiosidade sobre a Flor de Lótus é o fato das pétalas de suas flores não caírem , ficando apenas secas, se caracterizando como um caso raro na natureza.

A Germinação da Flor de Lótus

As sementes da Flor de Lótus precisam ser plantadas em local úmido (na lama), pois elas não conseguem crescer quando são cultivadas em um solo que seja seco. Para que a semente da Flor de Lótus se desenvolva é necessário que a água penetre no caroço, por isso não basta apenas colocar a semente e esperar, é necessário que antes de colocar a semente na terra úmida ou na lama seja feito um buraco nessa semente de forma que a água consiga penetrar.

Colocando a semente furada na terra úmida ou na lama, ela irá brotar em um período de 04 (quatro) a 05 (cinco) dias, se tornando uma pequenina Flor de Lótus. A partir do momento em que a semente brota, a Flor de Lótus cresce com muita velocidade. A condição de solo ideal para a semente brotar e germinar é que ela seja plantada em solo fértil junto a uma mistura que contem terra vegetal e húmus de minhoca, terra grossa e água. 

O Cultivo da Flor de Lótus

Para realizar o plantio e o cultivo da Flor de Lótus é necessário que sejam criadas condições similares as que são achadas no meio ambiente natural, isto é, a Flor de Lótus deve ser cultivada em um lugar (por exemplo: um pote) que tenha terra ao fundo e água na parte de cima. Em ambientes residenciais é necessário que sejam tomados cuidados para que a água não se torne um local propicio para a proliferação de insetos, como por exemplo o mosquito transmissor da dengue e da febre amarela.

Por isso, essa espécie vegetal é facilmente cultivada em lagos, tanques e em espelhos de água que tenham grande exposição ao sol. Caso nesses locais possam vir a existir peixes, é indicado que seja evitada a ocorrência de adubações em grandes quantidades. Caso seja observada a necessidade da planta em obter uma maior quantidade de nutrientes, faz-se apenas uma adubação de grau leve.

Depois que a semente brota e consegue germinar, a Flor de Lótus não exige maiores cuidados da parte de quem a cultiva. Pelo fato da Flor de lótus se caracterizar como uma espécie vegetal aquática, ela não exige regas, pois a flor já vive em constante contato com a água. 

A Multiplicação da Flor de Lótus

A Flor de Lótus é uma espécie vegetal que se multiplica de 02 (duas) maneiras: pela dispersão de suas sementes e pela divisão dos rizomas (tubérculos). A multiplicação por dispersão das sementes é uma das formas mais simples de reprodução das espécies vegetais, no entanto, no caso da Flor de Lótus, para que a semente brote e germine, é necessário que elas sejam furadas param que a água penetre na semente.

Caso a semente seja colocada na terra úmida ou na lama diretamente, sem ter sido furada, ela poderá levar muitos anos ou mesmo não consiga brotar e germinar uma nova espécie. A multiplicação por divisão dos rizomas é similar às demais espécies vegetais. Bastando que a pessoa separe os rizomas (espécies de caules subterrâneos) de maneira adequada e coloca-los em locais apropriados para o cultivo. Inclusive os rizomas da Flor de Lótus podem ser utilizados na elaboração de saborosos pratos culinários. 

Posts Relacionados

Veja maiores informações sobre a flor de lótus e os cuidados que elas necessitam. Entenda a relação entre a flor de lótus e a dengue e saiba como evitar que a flor se torne um agende proliferador da doença. Conheça o significado da flor de lótus e veja mais curiosidades sobre a planta.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Naturais

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • onde encontramos a semente!

    leni camargo 21 de janeiro de 2014 0:46 Responder
  • onde encontro a semente da flor de lotus..

    leni camargo 21 de janeiro de 2014 0:53 Responder
  • Olá, estou plantando sementes de flor de lotus nas cores branca, azul, rosa e ouro. Você deve escarificar a ponta das sementes, mergulhar em água até 30ºC com exposição ao sol. De 1 a 10 semanas sairão brotos que podem ser transferidos para o local definitivo. Estou na espectativa de dar certo. Abraço

    Wander Luz 15 de março de 2014 15:26 Responder
  • Você pode adquirir na aquariovidaasc@hotmail.com
    falar com ANDERSON SILVA CALDAS. ( 81) 8446-1456.
    Ressalto que ainda não tenho o retorno quanto à qualidade das sementes, pois acabei de colocá-las para germinar. Espero ter ajudado. Até mais

    Wander Luz 15 de março de 2014 15:32 Responder
  • Temos sementes novas da flor de lótus de varias cores com alta taxa de germinação, enviamos manual, trabalhos com mais de 500 espécies de sementes, cordialmente.

    rita de brito lopes 29 de março de 2014 14:45 Responder
    • Boa noite, Rita
      Gostaria de saber como faço para adquirir a semente da flor de lótus, e saber quais outras espécies de sementes você tem.

      Desde já agradeço sua atenção.

      Att.
      Ariovaldo

      ariovaldo lopes 9 de setembro de 2014 1:15 Responder
  • gostaria de comprar sementes de flor de lotus moro no Rio de Janeiro, meu emai è marcoafeitosa@yahoo.com.br

    marco 8 de abril de 2014 10:23 Responder
  • Gostaria de comprar sementes meu email é ya.prates@gmail.com

    Yara 23 de abril de 2014 1:48 Responder
  • Na verdade o nome científico é Nelumbo Nucifera, as nymphaeas são as ‘falsas lotus’ muito parecidas e encontradas em maior variedade de cores. Eu tenho sementes de Nelumbo branca com rosa se alguém quiser comprar. O cultivo é bem simples.

    Leticia 9 de dezembro de 2015 17:43 Responder
  • O autor confundiu misturou ninfeias com lotus. o nome cientifico do lotus é nelumbo nucifera, e ele não tem parentesco com as ninféias, que são as plantas que flutuam.

    Diego Agra 3 de setembro de 2016 5:59 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *