Amaranto Planta: Características Gerais

Amarantos são cosmopolitas gêneros anuais ou de curta duração do tipo perenes. As flores crescem de maneira intensa flores no verão e outono. Aproximadas 60 espécies estão reconhecidas, com inflorescências e folhas que vão do roxo e vermelho para verde ou ouro. Os membros do gênero possuem características e usos distintos.

Amaranto Planta: Características Gerais

Amaranto Planta: Características Gerais

Valor e Variedade Das Espécies

Apesar de várias espécies serem consideradas ervas-daninhas, as pessoas ao redor do mundo valorizam as folhas, cereais e plantas ornamentais existentes na família. Possui grande variedade de diversidade morfológica entre e mesmo dentro de certas espécies.

Embora seja distintivo, o gênero tem poucos caracteres distintivos entre os setenta nomes nomeados de modo científico ao redor do planeta. Dependendo do espécime, mesmo profissionais especializados podem encontrar dificuldade para fazer a distinção.

Valor e Variedade Das Espécies

Valor e Variedade Das Espécies

Durante o século XX os esquemas com separação de dois subgêneros (monoicas e dioicas) foi aceita com força pela comunidade científica. Porém, com o avanço dos estudos ficou evidente ser necessário criar métodos para diferenciar o grupo diversificado.

Amaranto contém três subgrupos reconhecidos e setenta espécies, embora o número seja questionável devido à hibridação dos conceitos. Classificação infragenérica se concentra em caracteres de inflorescência.

A classificação infragenérica foi publicada por Mosyakin & Robertson (1996) e inclui três subgrupos: Acnida, Amaranthus e Albersia. A taxonomia é ainda mais diferenciada por seções dentro de cada um dos subgêneros.

Imagem de Amostra do You Tube

Lista Com Principais Espécies De Amaranto

  • Amaranthus acanthochiton
  • Amaranthus acutilobus
  • Amaranthus albus
  • Amaranthus arenicola
  • Amaranthus australis
  • Amaranthus bigelovii
  • Amaranthus blitoides
  • Amaranthus blitum
  • Amaranthus brownii
  • Amaranthus californicus
  • Amaranthus cannabinus
  • Amaranthus caudatus
  • Amaranthus chihuahuensis
  • Amaranthus chlorostachys
  • Amaranthus crassipes
  • Amaranthus crispus
  • Amaranthus cruentus
  • Amaranthus deflexus
  • Amaranthus dubius
  • Amaranthus fimbriatus
  • Amaranthus floridanus
  • Amaranthus gangeticus
  • Amaranthus graecizans
  • Amaranthus greggii
  • Amaranthus hybridus
  • Amaranthus hypochondriacus
  • Amaranthus leucocarpus
  • Amaranthus lineatus
  • Amaranthus lividus
  • Amaranthus mantegazzianus
  • Amaranthus minimus
  • Amaranthus muricatus
  • Amaranthus obcordatus
  • Amaranthus oleraceous
  • Amaranthus palmeri
  • Amaranthus paniculus
  • Amaranthus polygonoides
  • Amaranthus powellii
  • Amaranthus pringlei
  • Amaranthus pumilus
  • Amaranthus quitensis
  • Amaranthus retroflexus
  • Amaranthus rudis
  • Amaranthus scleropoides
  • Amaranthus spinosus
  • Amaranthus standleyanus
  • Amaranthus thunbergii
  • Amaranthus torreyi
  • Amaranthus tricolor
  • Amaranthus tuberculatus
  • Amaranthus viridis
  • Amaranthus watsonii
  • Amaranthus wrightii

Semente Do Amaranto

Apesar de amaranto ter sido cultivado em grande escala no México antigo, Guatemala e Peru. Hoje em dia, presentes em pequena escala na Índia, China, Nepal. Amaranto foi descrito como “a cultura de o futuro”. Foi proposto pelo custo baixo e nativo a ser cultivada por povos indígenas em áreas rurais por várias razões. As sementes são boas fontes de proteínas. Comparado a outros grãos, o amaranto e rico no aminoácido essencial lisina.

As sementes contêm proteína em cerca de trinta por cento a mais do que cereais como o sorgo, arroz e centeio. Em formas comestíveis o amaranto é competitivo com gérmen de trigo e aveia – maior em alguns nutrientes, menor em outros.

É fácil de cozinhar. Como convém a história de vida de convivência os grãos crescem com velocidade e as inflorescências grandes podem pesar até 1 kg. Kiwicha, forma do amaranto conhecida hoje nos Andes, foi um dos alimentos básicos dos incas. Chamado por astecas como huautli, o grão pode ter representado até 80% do seu consumo calórico antes da conquista europeia.

Medicina e Cultura Indígena: Amaranto

Outro uso importante do amaranto está na preparação de bebidas rituais e alimentos. Para este dia, grãos são torrados bem como pipoca e misturada com melaço, mel ou chocolate para fazer tratamentos medicinais.

As pessoas decoravam as casas e árvores com bandeiras de papel. Havia corridas, rituais, procissões, danças, canções, orações e sacrifícios humanos. Este foi um dos festivais mais importantes astecas. Eles jejuavam. Uma estátua do deus era feita de sementes amaranto e mel. No final do ciclo era cortada em pequenos pedaços para que todos pudessem comer partes do deus. Após a conquista espanhola, o cultivo foi proibido, enquanto algumas das festividades foram trocadas pela celebração católica do Natal.

Por causa da importância como símbolo da cultura indígena, facilidade para cozinhar e proteína adaptada às necessidades nutricionais humanas o interesse em grão de amaranto reviveu em 1970. Recuperado em principal na região do México a partir de variedades silvestres, agora cultivado em níveis comerciais. Representa lanche popular em terras mexicanas, misturado com chocolate ou arroz tufado. O uso se espalhou para a Europa e partes da América do Norte.

Farinha De Semente De Amaranto

Farinha de semente de amaranto é avaliada como aditivo para farinha de trigo, conforme afirmam especialistas alimentares. Para determinar a adaptabilidade, os diferentes níveis de farinha de amaranto foram misturados com a farinha de trigo e ingredientes do cozimento (1% de sal, 2,5% de gordura, 1,5% de levedura, 10% de açúcar e 74% de água), fermentado, moldado e assado.

Os produtos de panificação foram avaliados para volume de pão, teor de umidade, cor, odor, sabor e textura. Os produtos contendo amaranto foram então comparados com o pão feito a partir de farinha composta por 100% de trigo.

Volume do pão diminuiu em 40% e teor de humidade aumentou de 22% para 42% com a farinha. O estudo verificou que as pontuações sensoriais da cor, odor, sabor e textura entraram em queda com quantidades crescentes de amaranto.

Imagem de Amostra do You Tube

Espécies de amaranto são cultivadas e consumidas como vegetal de folhas em partes do mundo. Na Indonésia e Malásia, folha de amaranto é chamada bayam, enquanto que nas Filipinas está denominada como kilitis ou “kulitis”.

Dentro da China, as folhas e caules são usados como vegetais em sopas. Planta tradicional na África, amaranto tem o potencial de melhorar a nutrição, aumentar a segurança alimentar, promover o desenvolvimento rural e suporte de atendimento sustentável da terra.

As flores de amaranto foram usadas pelos Hopi (tribo no oeste dos Estados Unidos) como fonte de corante vermelho profundo. Há também corante sintético feito com pigmentos da espécie.

Cozidos de folhas de amaranto são boa fonte de vitamina A, vitamina C e ácido fólico, que também são fontes de complementos para outras vitaminas, tais como a tiamina, niacina e riboflavina, além de alguns minerais da dieta, incluindo cálcio, ferro, potássio, zinco, cobre e manganês.

Sementes de amaranto contêm lisina, aminoácido essencial, limitado em grãos ou outras fontes de plantas. A maioria das frutas e vegetais não contém conjunto completo de aminoácidos e, portanto, diferentes fontes de proteínas devem ser usadas.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>