Caules Subterrâneos

O caule, parte da planta responsável principalmente pela sua sustentação, pode ser classificado como aéreo, aquático ou subterrâneo.

Os caules subterrâneos são aqueles que se desenvolvem embaixo da terra. Há três tipos de caules subterrâneos: rizoma, tubérculo e bulbo. O caule do tipo rizoma cresce próximo à terra e possui raízes e ramificações em sua estrutura. Exemplos de rizomas são a samambaia e a bananeira.

No caso dos tubérculos, o caule praticamente é todo embaixo da terra, onde também se encontra boa parte do alimento. São tubérculos muito conhecidos e apreciados a batata e a mandioca. Uma característica dos tubérculos é a sua rigidez e espessura, devido ao acúmulo de nutrientes que eles absorvem do solo.

Os bulbos são alimentos menores formados pelo caule, folhas e raízes. Exemplos de bulbos: o alho e a cebola. Tanto no caso dos tubérculos como no caso dos bulbos, o caule corresponde ao alimento em si, trata-se da parte comestível.

Caules Subterrâneos

Caules Subterrâneos

Veja Aqui As Espécies De Caule Subterrâneo e Seus Atributos.

  1. Rizomas: Esse tipo de caule pode ser diferenciado da raiz pela presença de nós. Raramente cresce na vertical, espalhando-se na horizontal.
  2. Bulbo Tunicado: Podem ser divididos em quatro subcategorias – simples, composto, sólido ou escamoso. Todos apresentam folhas modificadas que cobrem o caule.
  • Um exemplo do bulbo tunicado simples é a cebola.
  • Já nos espécimes que apresentam o bulbo tunicado composto, cada filiação do caule é coberta pelas folhas modificadas, como é o caso do alho.
  • O bulbo tunicado sólido é bem formado, e dispõe de grandes reservas de alimentos, como no açafrão.
  • Já no bulbo tunicado escamoso as folhas que o cobrem sobem uma em cima das outras, como na açucena branca.
  1. Tubérculo: Este tipo de caule compõe a maior parte da planta, sem que haja a presença de folhas alteradas na planta. São exemplos as batatas e os rabanetes.
  2. Xilopódios: São caules subterrâneos com reserva de água e proteínas, que sobrevivem mesmo quanto a parte aérea não sobrevive. São comuns em regiões secas. Um exemplo deste tipo de planta é a manicobia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>