Como Eliminar Pulgões das Plantas

As pragas causam muitos estragos em plantações e favorecem doenças de origem fúngicas nas plantas, que podem ser prejudiciais ao seu desenvolvimento. Elas costumam atacar nos períodos de primavera, quando as atividades de fertilidade das plantas estão mais ativas e com maior desempenho.

Prejudicam o Desenvolvimento das Plantas

Prejudicam o Desenvolvimento das Plantas

Em desequilíbrio ecológico os problemas se tornam ainda maior que podem envolver ainda outros desequilíbrios que também são importantes, como temperatura, água e luminosidade.

Há diferentes espécies de pulgões que atacam regiões diferentes das plantas, sendo raízes ou folhas. Quando o solo está empobrecido de matéria orgânico e nutriente, ou excesso dessas coisas que tornam os ataques mais comuns. Isso acontece porque muda os teores de açucares das plantas através das próprias bioquímicas, o que é extremamente atraente aos fitoparasitas.

Sobre o Pulgão

  • Reino: Animalia
  • Filo: Arthropoda
  • Classe: Insecta
  • Ordem: Hemiptera

Podendo ser encontrado em diversos gêneros e espécies o pulgão se identifica pelo pequeno tamanho e por ser encontrado em plantas com características de parasitismo bem relevantes. Eles se alimentam basicamente da seiva desses vegetais através dos vasos condutores de xilema e floema. São causadores de grandes prejuízos para produtores agrícolas e muito danosos às plantas, pois podem transmitir diversas doenças que são passadas de plantas para plantas além de favorecerem o crescimento de fundos.

O pulgão chega a medir no máximo cinco mm de comprimento, são uma das pragas mais perigosas para os vegetais devido ao tamanho do seu estrago. Quando a sua infestação não é controlada, pode acabar com uma plantação inteira. 

Estes animais apresentam aparelho bucal sugador está no grupo dos sugadores de seivas, liberando uma secreção açucarada que alimenta fungos escuros. Esses fungos cobrem as lâminas foliares impedindo a fotossíntese da planta e consequentemente seu desenvolvimento. Esse líquido também atrai outros insetos e deixa a planta mais suscetível a danos causados por bactérias e fungos.

Como esses insetos podem atingir desde plantas silvestres até as cultivadas artificialmente, existem mais de mil tipos deles, sendo de cores variadas como marrons, pretos, brancos, verdes, cinzas e amarelos e vivem em colônia.

Eles preferem as folhas e folíolos mais novos. Suas fêmeas se reproduzem por partenogênese (sem fecundação) geralmente nos meses mais quentes do ano  enquanto que no outono já ocorre o acasalamento entre machos e fêmeas. Esses insetos são sociais, porém a maior convivência é entre fêmeas. Os sinais podem ser observados através de manchas pelas folhas, ou pelo atrofiamento da planta fitoparasitada.

Imagem de Amostra do You Tube

Como Se Livrar?

Como podem ser carregados através do vento para bem longe, os pulgões podem aparecer em qualquer época do ano, mas os períodos mais propícios acontecem na primavera, início do outono e verão.

Existem algumas espécies que podem parasitar até plantas tóxicas, o que não influencia na maneira de eliminação desse pequeno inseto, coisa que é muito fácil de fazer.

Uma primeira dica é de que não se devem usar inseticidas desses comprados em mercados para insetos domésticos. Esses inseticidas não são completamente eficazes e ainda matam os predadores naturais do pulgão.

Pesquisadores em horticultura e biólogos afirmam que a presença de joaninhas e outros insetos minimizam de forma mais eficaz o aparecimento de pulgões. Através de controle biológico também a praga pode ser controlada. 

O controle biológico implica na utilização de um organismo para eliminar o outro. Nesse caso existe uma pequena vespinha que põe ovos dentro do corpo desses pulgões que se alimentam desse inseto como hospedeiro. Porém o controle biológico deve ser feito apenas através de especialistas que entendem do assunto, afinal de contas introduzir organismos em ecossistemas diferentes pode ser mais complicado do que parece.

Embora essa alternativa de incluir organismos predadores da espécie praga pareça ser a melhor idéia e opção para resolver o problema, esse tipo de atividade deve ser avaliado e estudado muito bem, a migração de espécies invasoras (como são chamadas) pode trazer mais problema ainda para o ambiente local ou invés de resolver o problema.

Porém ainda mais fácil mesmo seria a aplicação de inseticidas que sejam mais fracos, e próprios para serem usados em plantas ornamentais. Você pode optar ainda por receitas naturais, ou caseiras que apresentam os mesmos resultados.

Uma forma de combate bastante eficiente para combater o pulgão de forma caseia é a calda de fumo, ele é excelente na eliminação de pulgões assim como também elimina as cochonilhas, vaquinhas, ácaros e lagartas.

Imagem de Amostra do You Tube

Receita de Caldo de Fumo

Essa fórmula é mais usada para áreas pequenas de controle de pulgões.

Ingredientes

  • 100 ml de álcool hidratado
  • 1 litro de água fervente
  • 250 g de fumo de corda

Como preparar?

Em primeiro lugar você deve picar todo o fumo em pedaços pequenos, coloque tudo em uma vasilha e tampe. Acrescente a água quente e deixe tampado para que a mistura descanse umas 24 hora. Feito isso, agite tudo de uma só vez para misturar, filtre o líquido, aqui você pode utilizar um pano fino e vai espremendo para retirar todo o líquido do fumo. Acrescente o álcool, que vai servir para conservar a solução. O caldo deve ser guardado em um frasco escuro.

Na hora da aplicação, o ideal é diluir 100 ml do caldo em 1 litro de água. Acrescente ainda 10 gotas de detergente (isso faz com que a tensão superficial da água seja quebrada). Pulverize a planta e repita sempre que for necessário. 

Receita de Suco de Alho

Junte dois dentes de alho pra uma quantidade de 1 litro de água, pulverize as plantas pelo menos uma vez na semana com o suco.

O Suco Serve Para Ser Pulverizado Nas Plantas

O Suco Serve Para Ser Pulverizado Nas Plantas

Receita de Calda de Sabão

Ingredientes

  • 1 litro de água
  • Uma colher (sopa) de sabão em barra ralado

Ferva a água e derreta o sabão completamente. Dissolva essa mistura com mais 4 litros de água e aplique com um pulverizador nas plantas uma vez durante a semana.

O mais indicado para acabar com este tipo de praga são os inseticidas sistêmicos, mas é importante lembrar que qualquer inseticida para ser usado em relação à agricultura, deve-se levar em consideração diversos requisitos como periculosidade, contato com animais e crianças, se esse solo tem contato com reservatórios de água. Nesse caso procure a orientação de um especialista no assunto, ele saberá informar qual inseticida é mais apropriado para determinado tipo de espécie. 

Posts Relacionados

Saiba mais sobre a praga de pulgões em plantas e como combater este mal sem maiores prejuízos. Veja como fazer sucos repelentes para insetos para proteger suas plantas e realizar um melhor controle no jardim para deixá-lo cada vez mais bonito.

5 comentários

  1. Muito lega mesmo, as informaçoes que voces nos oferece c tanto carinho e disposiçao ! Amaré isso….Oferecer oque temos de melhor para nosso proximo!!!

  2. Muito obrigada pela disposição de partilhar essas dicas! Muito úteis e vão me ajudar a acabar com um problemao aqui na minha hortinha!!

  3. ÓTIMAS DICAS.
    OBRIGADA PELAS INFORMAÇÕES SÃO SUPER ÚTEIS E PRÁTICAS PARA ELIMINAR OS PULGÕES.

    UM ABRAÇO,
    TECA

  4. AS INFORMAÇÕES SÃO MUITO IMPORTANTES

  5. Oi, queria saber se o caldo d fumo pode se usar em tomateiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>