Plantas Pendentes Para Interior

Não é novidade para absolutamente ninguém que as plantas fazem e ainda farão parte do ornamento das casas. Em uma residência, por exemplo, pode acontecer de os proprietários terem apreço por plantas internas e externas, fazendo com que elas sejam estrelas garantidas quando se tratar de decoração.

Várias são as razões pelo apreço pelas plantas. Muitos pesquisadoras acreditam que isso são vestígios dos nosso antepassados, que tinham um contato muito maior com a natureza, pois viviam no meio dela. Atualmente, estamos cada vez mais restritos a locais concretados (a chamada urbanização), que faz com que muitas plantas acabem não estando incluídos em tais planos.

E isso é muito sério, principalmente, quando se trata das árvores. Todos sabem que as árvores são muito importantes, tanto para o solo quanto para o ar e que, além disso, elas ajudam a manter as temperaturas do ambiente mais amenas, sendo muito importantes durante as rajadas de calor. Quando uma cidade não tem um número adequado de árvores por rua, o desastre é iminente.

Deixando um pouco esse sensível assunto de lado, vamos voltar novamente à nossa residência. Sempre temos um cantinho onde não sabemos ao certo o que colocar. E, enquanto ficamos pensando em qual a melhor opção para tal, porque não darmos uma chance às plantas pendentes? Se você não sabe o que são plantas pendentes, acompanhe os próximos parágrafos desse artigo. Quem sabe, você não se interessa por ter uma para a sua casa?

O Que É Uma Planta Pendente?

Uma planta pendente nada mais é do que as plantas que são criadas de forma suspensa, para que seus ramos possam ser vistos e notados. Geralmente, essas plantas pendentes são encontradas na natureza de forma que consigam ficar altas o suficiente para que seus ramos possam ficar expostos. Só por essa descrição, você já pode ter sacado o que é uma planta pendente. Caso não tenha ficado claro ainda, podemos considerar que a samambaia, que é uma das plantas mais comuns nos quintais brasileiros é uma planta pendente: ela é criada no alto, de forma que seus ramos possam se espalhar e caírem. As espécimes silvestres da samambaia podem ser encontradas medindo até dez metros de altura.

Antigamente, como já foi dito aqui, as plantas pendentes eram relegadas somente nas áreas externas das casas brasileiras. No entanto, com a grande revolução decorativa que se seguiu, as tendências no que diz respeito a esse tipo de planta foram muito positivas, principalmente na área interna: hoje, os decoradores estão cada vez mais empenhados em implementar as plantas pendentes em suas decorações internas.

Segundo esses decoradores, as plantas pendentes trazem cor e também uma textura diferente aos ambientes, sendo que causam um verdadeiro upgrade em décor quando essas são posicionadas acima dos moveis ou de outras superfícies que, geralmente, não receberiam a planta.  Um outro atrativo dessa planta é que ela não é muito difícil de ser cuidada, requerendo apenas poucos minutos de sua atenção por semana. A seguir, você vai conferir algumas das espécimes que mais são utilizadas para essas decorações, bem como, também, quais são as suas características mais marcantes.

1° – Planta Ivy

Apesar de dividir o nome com a filha primogênita da ultra estrela Beyoncé, a planta está longe de ser chamada assim por conta da filha ilustre da estrela estadunidense. A Ivy é muito reconhecida por ser uma boa filtradora de ar, o que pode contribuir para manter o seu ambiente mais fresco e menos poluído. Nesse sentido, ela também se destaca por ser bastante adaptativa, podendo encarar diversos desafios no que se trata em onde coloca-la dentro de casa. Ela pode ser acomodada tanto em móveis quanto em vasos suspensos. A planta é um tipo de hera que, com certeza, deixará o seu ambiente mais “verde”.

Planta Ivy

Planta Ivy

2° – Planta Jiboia

Apesar do nome ameaçador, a planta não oferece nenhum risco para os seus donos. Isso porque, a planta é totalmente atóxica, e, ainda por cima, produz um efeito cascata que é de muito bom gosto para os nosso olhos. Quem vai em uma casa que possuí essa planta garante que fica “apaixonado” por ela. Além de exuberante, é também fácil de se lidar, bastando seguir as regras de cuidados regularmente. Uma das poucas exigências é que a planta gosta de temperaturas mais amenas e à meia sombra, não tendo um contato direto com o Sol. Assim como a Ivy, a Jiboia tem o poder de filtrar o ar, podendo transformar em oxigênio os compostos: gás carbônico, benzendo e formaldeídos em geral.

Planta Jiboia

Planta Jiboia

3° – Planta Lambari

Com um nome a homenagear uma das cidades do circuito das águas do Sul de Minas Gerais, a Lambari se destaca das outras duas por apresentar diversas flores rosadas quando chega a época do brotamento. Além de ter folhas de cores que variam para o listrado e, também, para uma cor mais arroxeada. Ela é geralmente utilizada para forrar as copas das árvores, mas também serve muito bem como uma planta pendente. Para que ela possa se desenvolver e chegar a produzir flores, regá-la de vez em quando, bem como também acrescentar adubo em seu vaso pode estimular o crescimento da Lambari.

Planta Lambari

Planta Lambari

4° – Monstera Oblíqua

Conhecida por ter mais de sessenta espécies diferentes no planeta, a Monstera é uma planta originária do México, e é bem conhecida por conta da característica de suas folhas, que apresentam recortes naturais que são muito bem quistos em se tratando de decoração ornamental. Em geral, é cultivada próximo de muros, troncos de árvores ou paredes,  mas também é muito funcional quando utilizada como planta pendente. Nesses casos, ela pode ser muito bem aproveitada em uma parte da casa onde a decoração esteja, digamos, um pouco “caída”, por conta da presença desses “recortes” ornamentais em suas folhas, que são bastante bonitas. Os cuidados com ela devem ser regulares, assim como as demais, mantendo-a em sombra e tendo uma frequência de regar, pelo menos, duas vezes por semana.

Monstera Oblíqua

Monstera Oblíqua

Essas foram alguns tipos de planta que podem ser utilizadas como pendentes, que, com certeza, trarão charme para a sua casa.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Informações

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *