Como Deixar o Jardim Com um Cheiro Agradável

Toda planta possui um aroma característico de folhas e da madeira que forma os galhos e troncos, mas algumas espécies possuem aromas extremamente agradáveis ou nem tanto. A importância de saber mesclar bem as plantas aromáticas em seu jardim, principalmente se ele for composto por flores, ervas e frutas, faz toda a diferença para você ter um local com um bom cheiro. Sim, mesmo bons aromas quando misturados de forma erradas podem gerar um cheiro não muito agradável.

Aqui você vai encontrar algumas dicas do que precisa fazer para deixar o seu jardim mais cheiroso e como combinar determinadas espécies no mesmo ambiente sem fazer uma confusão de cheiros. Vai encontrar também alguns detalhes sobre cultivo que faz toda diferença na hora de planta e que pode alterar o cheiro das suas plantas.

Aroma dos Adubos

Quem tem jardim em casa sabe muito bem que dependendo do tipo de adubo que você vai usar em sua planta ele pode ter um cheiro nada agradável e deixar o ambiente de certa forma desconfortável. Escolher o adubo certo para a sua plantação pode trazer essas desvantagens, mas hoje já vamos encontrar produtos que são projetados para não emitirem aromas ou alguns mais agradáveis.

Em 2012 um fazendeiro da cidade de Valência, no sudeste da Espanha conseguiu um feito que muitos já procuravam há algum tempo. Bernat Chulià, dono de uma fazenda nessa cidade e engenheiro químico criou um fertilizante orgânico totalmente livre de cheiro e com um poder nutritivo bastante elevado. A composição do produto é formada a partir do estrume de vaca.

Na verdade o estrume de vaca já é um adubo muito conhecido no mundo inteiro, mas é algo impossível de se usar em ambientes menores e apartamentos já ele possui um cheiro bem agressivo e vai fazer com que o seu ambiente não fiquei com os melhores dos aromas. Foi então que Bernat Chulià realizou alguns processos transformando esse mesmo estrume em biocombustível e que agisse perfeitamente em suas plantas, sem a necessidade de deixar aquele cheiro desagradável no ambiente.

Vermicompostagem

Um processo chamado de vermicompostagem vem chamando a atenção de pessoas que possuem jardins em casa, principalmente em apartamentos. Já que estamos falando de aromas de um adubo, esta saída para quem não quer um ambiente com aqueles odores de chorumes ou húmus é bem indicada.

O processo não é nada além do que transformar restos de lixo da sua cozinha em adubo com a ajuda de algumas poucas minhocas. Essa possibilidade é bem eficiente e de certa forma muito sustentável já que você passa a redirecionar o seu lixo de forma inteligente. Apesar de muitas pessoas temerem as minhocas e também terem nojo desses bichinhos, eles são totalmente inofensivos e maravilhosos para qualquer terra de plantação.

Além de não ter odores desagradável, a vermicompostagem também afasta pragas desagradáveis de sua plantação como ratos, baratas, moscas e semelhantes. Esse processo é bem simples de se fazer e você mesmo pode realizar a vermicompostagem em seu jardim. Basta você adquirir uma composteira, colocar algumas poucas minhocas e alimentá-las com frequência. Com um pouco de pesquisa você vai encontrar alguns vídeos ensinando pausadamente esse processo.

Organizando os Aromas

Como foi citado no início do nosso texto, as plantas com aromas quando são mal organizadas podem gerar algum aroma desagradável para o ambiente, então é necessário saber organizar cada uma delas para que você tenha um jardim sempre cheiroso. A ordenação vale principalmente para aquelas pessoas que cultivam um jardim de ervas.

A primeira ideia é sempre criar um ambiente equilibrado aromaticamente com as espécies cultivadas. Os aromas quando misturados de forma eficiente podem ser ótimos estimulantes e possuem toda uma simbologia também que os envolve onde você pode deixar o local bem mais harmonizado.

Vejamos algumas dicas de como organizar o aroma de seu jardim.

  • Conheça as espécies que você cultiva. Cada planta tem um tempo certo para exalarem seus aromas. Algumas espécies possuem bons ou maus aromas 24 horas por dia, outras apenas quando estão florescendo ou frutificando, existem ainda aquelas que só exalam cheiros sob uma determinada condição de clima ou determinado tempo do dia ou mês do ano, entre outras características.
  • Escolha bem o local onde cada planta do seu jardim vai ficar. As lavandas, por exemplo, são plantas que exalam um aroma bem agradável e de certa forma forte. Então nesse caso você pode cultivá-las em um suporte mais elevado de seu jardim. Isso pode ser feito colocando o vaso sobre uma janela ou em uma armação de madeira como prateleiras e caixotes. Dessa forma elas recebem mais vento e por consequência não sufocam o aroma de outras plantas do seu jardim.
  • Respeite o espaço que cada planta precisa. Não adianta você cultivar diversas plantas aromáticas em um ambiente pequeno porque não vai dar certo. Indicamos então que você organize o seu jardim dando espaço necessário para cada planta respirar e se desenvolver perfeitamente.

Que Plantas Cultivar em um Jardim Aromático

Saber escolher as espécies é um ponto importante para se ter um jardim com um cheiro bom. Vejamos algumas espécies que podem participar desse cultivo.

  • Rosas – Estas flores além de bonitas são extremamente aromáticas. Elas podem ser cultivadas em vasos ou diretamente no solo. Como precisam de sol para um bom desenvolvimento, evite deixar a planta em ambientes internos.
  • Dama da Noite – também uma flor aromática muito conhecida. Como o seu cheiro é bem forte, indicamos que as cultive nas extremidades de seu jardim e se ele for em um ambiente mais reservado, deixe-as próximo à janela ou algum lugar com maior movimentação do vento.
  • Gardênias – Mais uma espécie de flor que é muito facilmente cultivada e possui um cheiro bem agradável. Elas podem crescer até 2 metros de altura quando são bem cultivadas e preferem ambientes com mais sol.
  • Lavanda – Como citamos no tópico anterior, o aroma das lavandas é muito forte e agradável. Elas podem ser cultivadas facilmente com outras espécies, mas saiba colocá-las no local certo para que o aroma não sufoque o das outras plantas que tem em seu jardim.

Por Monique Belmont

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Jardim

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *