Como Eliminar o Mato do Jardim

Precisando eliminar o mato do seu jardim de forma eficiente de de preferência natural, sem ter que apelar para produtos tóxicos? Então, você está no lugar certo, vamos dar uma ótima dica de como eliminar o mato do jardim sem usar produtos químicos e gastando bem pouco. Anote e aprenda a resolver esse problema todas as vezes que forem necessárias.

A dica que você vai conhecer a seguir para eliminar o mato do jardim pode ser usada independentemente da dimensão do seu terreno. Porém, quanto maior o seu jardim ou quintal, maior será o seu trabalho, mas pode ter certeza que o resultado final vale a pena o trabalho.

Para eliminar o mato do jardim de forma eficiente, natural e gastando pouco você via precisar de folhas velhas de jornais.

Aprenda Como Eliminar o Mato do seu Jardim

Esse é um método parar eliminar de vez o mato do seu jardim ou terreno. Para isso é bem simples, basta colocar de 3 a 4 camadas de folhas de jornais sobre os lugares que o mato deve ser eliminado. Também serve para acabar com a grama. Sobre esse jornal, coloque terra, cobrindo-o por inteiro, não precisa ser uma camada espessa. Coloque também um pouco de pedras pequenas e areia. Esse é um modo de fazer com que o mato morra, na verdade o que foi colocado sobre é para garantir que o jornal não sairá do lugar. Quando o jornal se desfizer por inteiro, naquela parque que ele foi colocado não aparecerá de novo o mato. Se você quer que seja uma solução permanente, é necessário que deixe o processo acontecer naturalmente e por completo, o que dura cerca 18 meses.

É uma dica simples, sem usar produto tóxico e o melhor a custo zero, uma vez que o jornal velho temos em casa e se não tivermos basta pegar com o vizinho antes que ele jogue fora.

Como Acabar com as Ervas Daninhas no seu Gramado

Você também pode estar querendo ter um gramado bonito e bem conservado e não querendo eliminar de vez a grama do seu jardim. Neste caso, o seu pior inimigo se chama plantas daninhas ou se preferir chame de mato mesmo, que está ali destruindo a beleza do seu gramado.

Conhecendo melhor o assunto, ficará mais fácil para você saber como eliminá-la!

O Que São as Chamadas Plantas Daninhas?

É bem simples identificar as plantas daninhas porque elas são qualquer tipo de planta que apareça no meio daquelas que foram cultivadas, aquelas indesejadas. E elas não prejudicam a sua plantação somente esteticamente, elas atrapalham o bom crescimento da sua planta roubando água, nutrientes e luminosidade.

Existe uma classificação para esse tipo de planta, que pode se subdividir em:

  1. As plantas com as folhas redondas e podemos citar como exemplo, desse tipo comum de planta daninha, as seguintes espécies: carrapicho ou beiço de boi (desmodium icanum), maconha brava ou zornia (zornia latifólia) – uma das mais difíceis de controlar em um jardim, sobre o gramado, roseta (soliva pterosperma) – se trata de uma das plantas daninhas que se espalha rapidamente, ela é rasteira e em pouco tempo está sobre a plantação principal, falso trevo ou azedinha (oxalis sp.) quando a grama é muito densa o crescimento deste tipo de planta daninha fica prejudica, isso por que ela se desenvolve através de rizomas.
  2. As plantas daninhas com folhas estreitas, veja o segundo grupo, exemplos deste tipo: a tiririca (cyperus rotundus) é uma planta que pertence a família das ciperáceas, uma das suas características é ter a sua formação através de rizomas. Graças a isso acontece o chamado rebrote em continuação e isso possibilita que a planta se espalhe em toda extensão do terreno ou jardim. Porém, essa espécie só se desenvolve quando está num lugar com uma boa quantidade de luz e quando o gramado está vedado, ela não consegue crescer e permanecer no lugar.

Outro exemplo, deste segundo o grupo é a braquiária, uma espécie difícil de controlar quando “ataca” os gramados, porque se trata também de um espécie gramínea.

Veja Dicas Para Eliminar as Plantas Daninhas do seu Jardim!

Quando o gramado é mais denso dificilmente as plantas daninhas vão encontrar espaço para crescer nele, então, fazer com que ele se desenvolva e atinja essa característica é um modo de evitar que elas ganhem espaço. E isso pode ser feito, isto é, desenvolver os gramados, fazendo uso de diversas técnicas como:

  • Com a aeração do solo: é um modo de desenvolver o gramado da melhor forma possível deixando-o denso. Isso feito com a utilização de um substrato que ajuda a desenvolver melhor o sistema radicular.
  • Com a fertilização: muitas das vezes um gramado ou uma planta não se desenvolvem como devem porque o solo não está bem adubado, faltam nutrientes. Neste caso, se estuda antes as condições do solo e se trabalha com adubação à base de nitrogênio.
  • Com a manutenção do nível de umidade do solo: é importante que as plantas recebem a quantidade de água correta que elas precisam para se desenvolver, o solo não pode ficar seco pode ser que necessite aumentar a umidade em determinados períodos.

Fazendo o controle manual: ele pode ser chato e demorado, mas o controle manual é o que você está pensando mesmo, de tanto em tanto, fazer a retirada das plantas daninhas da sua plantação. Quando se deparar com as espécies com rizomas arrancá-las por completo, se isso não for feito, ela voltará com certeza.

Fazendo o controle químico: basta ir em uma loja de produtos para plantação que você irá encontrar as herbicidas especiais para acabar com as plantas daninhas sem destruir a sua plantação. Porém,não compre nada sem antes consultar um agrônomo ou um técnico em agronomia para saber se realmente se trata de um produto que não fará mal à saúde.

Dos herbicidas algumas podem ser usadas levando em consideração o tipo de biologia de cada planta e com isso é feito o controle. Por isso, no caso de uma única determinada planta daninha, faça a escolha do produto com base nas suas características.

Por exemplo, no caso das plantas daninhas com folha redonda, são indicados os produtos que tenham 2,4 D. Já o produto com princípio ativo chamado MSMA é indicado para a plantas como a braquiária, esmeraldinha, tiririca e grama esmeralda, entre outras. Porém, não basta ir comprando, o nome do produto e também a dosagem para fazer o controle devem ser recomendadas por quem trabalha com o herbicida.

Posts Relacionados

Veja ideias para montar um jardim vertical, ideal para pessoas que não têm muito espaço em casa. Aprenda também como fazer um jardim zen para decorar e relaxar. Saiba quais são os principais estilos de jardim e escolha um para seguir.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Jardim

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • adorei a dica do jornal

    maria 8 de abril de 2014 15:11 Responder
    • Excelente a orientação com folhas de jornal. Pergunto se ao invés de colocar terra e areia sobre as folhas de jornal posso colocar camadas de brita 3/4 diretamente sobre o jornal para impedir de vez que o mato cresça.
      Agradeço a atenção.

      Maria Teresa 1 de maio de 2015 3:42 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *