Decorações Artísticas Nos Jardins

Você lembra-se do filme Edward – Mãos de Tesouras? Na história um rapaz chamado Edward, interpretado pelo ator Johnny Depp, no lugar de cada uma de suas mãos tinha uma tesoura. Ele vivia em uma imensa mansão abandonada em uma pequena cidade nos Estados Unidos e sua vida era esculpir o jardim do local onde vivia. Um dia ele foi encontrado por uma jovem senhora e sua vida mudou. Se você viu o filme com certeza admirou muito as esculturas de Edward fazia nas árvores das casas.

A técnica de transformar plantas de jardins em verdadeiras esculturas é muito antiga e requer um preparo muito grande para isso. Tudo é feito através de podas bem elaboradas e por profissionais da jardinagem e podem transformar uma pequena árvore em qualquer animal, letra ou outro objeto que seja possível “desenhar”, mas não é qualquer tipo de árvore que permite esse feito. Então se você admira esse tipo de trabalho, vamos saber mais como fazer, de onde vem essa técnica e principalmente, como tê-la em seu jardim.

Poda Artística

Esse é um dos diversos tipos de podas que vamos encontrar na jardinagem e como o nome já indica, tem efeito apenas artístico, controlado o crescimento da planta de forma que ela permaneça de uma determinada maneira. A poda artística pode ser feita transformando as suas árvores ou arbustos em verdadeiras esculturas verdes ou somente deixando-as organizadamente da mesma forma. Esta última é muito encontrada pelas ruas das cidades, onde as árvores possuem um formato bem compacto, parecendo que foram esculpidas à mão. E de certa forma é isso que acontece.

Para a jardinagem esta técnica recebe o nome de Topiária.

História da Topiária

Não se sabe ao certo quando ela foi inventada e por quem foi inventada, mas estima-se que tudo começou em Roma, já que os registros mais antigos encontrados de jardins artísticos vêm de lá. Durante o período do Renascimento italiano vamos encontrar um grande destaque para os jardins bem elaborados com trabalhos artísticos.

André Le Nôtre é talvez o nome mais citado quando falamos em artes para jardins porque foi ele o responsável pela criação dos jardins de Versalhes em 1662. André usou diversos tipos de plantas para obter formas cônicas e piramidais de sua arte e fazer o trabalho mais reconhecido no mundo de topiária.

No período vitoriano, na Inglaterra em meados do século XIX, vamos também encontrar grandes exemplos de jardins artísticos com desenhos incríveis de corações, arcos, luas, formas geométricas, principalmente as arredondadas e claro, os animais.

A Técnica

Além de um conhecimento amplo em jardinagem, um profissional que se destine a trabalhar com poda artística deve conhecer diversos tipos de intervenções de outras técnicas. Para que uma planta seja esculpida com perfeição será necessário um bom tempo até que o profissional habitue a espécie a crescer de forma ordenada, por isso a necessidade de domínio.

Dentro da topiária vamos encontrar diversos gêneros de planta indicada, sendo o buxo, a mais conhecida de todas e a utilizada por André Le Nôtre nos jardins de Versalhes.

Epcot International Flower & Garden Festival

Este é o nome dado ao, talvez, maior evento de topiárias do mundo. Durante alguns dias o parque temático da Dinsey, nos Estados Unidos, realiza uma exposição de verdadeiras obras de arte feitas por profissionais de jardinagem do mundo inteiro. As esculturas são diversas e todas voltadas aos personagens do parque e dos desenhos da marca. Em 2014, o festival acontece todas as sextas, sábados e domingos de maio e quem visitar o parque da Disney nesse período encontrará um ambiente muito mais verde e bonito.

As esculturas são projetadas durante um ano inteiro e especialmente cuidadas por profissionais que são contratados através de uma seleção muito concorrida, afinal quem não quer ter uma oportunidade como essa?

Onde e Como Fazer

Você encontrará no comércio todo tipo de jardim artístico. Existem plantas vendidas já em formato especial e você pagará apenas pela escultura e o tratamento direcionado de tal em espécie em seu jardim. Pode também contratar um profissional para moldar as plantas que já tem em casa e que darão um lindo jardim artístico. A terceira opção é começar do zero caso você tenha um espaço em casa e não saiba ainda como aproveitá-lo. Vamos saber como fazer e quanto custa cada um desses três casos separadamente.

Na primeira opção, existem lojas especializadas em topiárias onde você vai desembolsar um valor referente à planta esculpida e cultivada nessa loja. Isso pode ser feito das mais simples até as mais elaboradas esculturas, tudo vai depender do seu gosto e do que você busca. Neste tipo de compra, o profissional passará a fazer visitas regulares até a planta estiver totalmente cultivada sobre a terra do seu jardim, caso seja uma topiária em vaso, essa segunda etapa é excluída. Nesse caso você desembolsará a partir de 200 reais sendo esse valor variável de acordo com o desenho e o tamanho da topiária.

Já na segunda opção de compra, um profissional vai até a sua residência e passará a trabalhar em cima do que você tem plantado em casa. Claro que não são todas as plantas que resultarão no desenho que você deseja. Ele fará uma análise e com certeza dirá o que pode e o que não pode ser feito com base no que você tem. Nesse caso o custo também será a partir de 200 reais, sendo que serão cobradas provavelmente as visita do jardineiro.

Por último, se você deseja começar do zero terá que fazer um bom planejamento para ter topiárias em seu jardim. Os valores nesse caso, dependerão do tamanho do jardim e do tipo de espaço que você tem, pois muitas vezes até o tipo de terra terá que ser alterado. Para um jardim de 15 metros, por exemplo, sem esculturas muito elaboradas, apenas com plantas em topiária simples, você precisará desembolsar cerca de 2 mil reais.

Então se você deseja ter um lindo jardim com plantas artísticas, é só escolher a opção que mais se encaixa e buscar um profissional do ramo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Decoração

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *