Fotos de Flor de Liz

Flor de Liz – Um Símbolo

A flor de liz é uma planta que incita a curiosidade de quem a observa, conhecida como um símbolo do escotismo, existem diversas polêmicas a respeito dela em especial qual seria exatamente a planta batizada com esse nome. Não existe como estimar com precisão a data de origem do símbolo, o que se sabe é que remonta a épocas remotas.

Historicamente a imagem desse símbolo foi usada pela primeira vez nas armas da França em 496. Esse desenho era usado no manto dos reis do período pré-Cruzadas além de ser usada nas roupas de luxo dos reis de armas bem como em bandeiras, pavilhões e até em brasões que são vistos com frequência nos municípios franceses até os dias de hoje.

Flor de Liz na Bandeira da França

Em 1125 a bandeira da França contava com um campo repleto de flores desse tipo e isso se deu até o reinado de Carlos V (1364). Depois disso a bandeira francesa passou a contar com apenas três dessas flores. Existem registros de que o rei teria usado o símbolo como sendo o emblema de honra da Santíssima Trindade.

Emblema da Cidade de Florença

Para alguns historiadores a flor de liz também foi usada como emblema da cidade de Florença durante o reinado de Luiz VII, O Jovem (1147). Inclusive esse teria sido o primeiro dos reis franceses a usar o desenho para selar as suas cartas-patentes. Funcionaria como uma alusão ao seu nome Luiz que nesse período era grafado como “Loys”. Os reis seguintes mantiveram a flor de liz como sendo um atributo real e os seus descendentes mantiveram esse hábito.

Origem na Flor de Lótus

Para os especialistas em heráldica (arte ou ciência de estudar brasões) a origem da flor de liz está na flor de lótus do Egito. Existe ainda uma corrente dentro dessa ciência que acredita que esse símbolo poderia ter sido inspirado na alabarda ou lírio que é um ferro com três pontas que era usado para espetar aqueles que caíssem em fossos ou covas.

Também existe a possibilidade de que esse símbolo seja uma cópia de um desenho que era estampado em moedas assírias e muçulmanas antigas. Um símbolo que representa poder e soberania ao mesmo tempo que também é um símbolo de pureza da alma e do corpo.

A Verdadeira Flor de Liz

Íris

Além de ser um símbolo bastante usado e conhecido a flor de liz também é uma planta que pode ser observada em diversas referências. O que confunde um pouco é saber exatamente a qual planta ela se refere, se seria um lírio ou uma íris. Para alguns especialistas a verdadeira planta que deve ser conhecida como flor de liz é a íris.

De acordo com o livro ilustrado dos Signos e Símbolos de autoria de Miranda Bruce-Mitford o rei Luís XVII teria escolhido a íris para ser o seu emblema no período das Cruzadas. A flor teria começado a ser chamada de “fleur-de-louis” (Flor de Luís) e depois de “fleur-de-lis” (flor-de-lis). As três pétalas simbolizam a fé, a sabedoria e o valor. Existem sim coisas em comum entre a íris e a flor de liz.

E o Lírio?

Há referências que indicam que a flor de liz é na realidade um tipo de lírio. Uma evidência seria o fato de que os espanhóis traduziram “fleur-de-lis” como “flor del lírio” (flor-de-lírio). Existe ainda uma lenda que ajuda a dar forma para afirmação em que um anjo teria ofertado a Clóvis – rei dos Francos – um lírio em 496 d.C.. e foi então que ele se converteu ao Cristianismo.

Origem da Íris e do Lírio

A planta conhecida como íris (Íris germanica) faz parte da família das Iridáceas que tem sua origem na Europa. A origem das espécies mais conhecidas de lírios é da Ásia e se destacam dentre elas Lilium speciosum, Lilium pumilum e Lilium candidum. Contudo, o curioso é que a verdadeira flor de liz não faz parte nem da família das Iridáceas, nem das Liliáceas.

A verdadeira flor de liz é a Sprekelia formosíssima que faz parte da família das Amarilidáceas que tem sua origem no México e na Guatemala. Chamada em outros idiomas de lírio-asteca, lírio-de-saint-Jacques (Lis de Saint-Jacques) ou lírio-de-Saint-James (St. James lily) é a única do seu gênero.

A nomenclatura da espécie foi dada pelo botânico Linnaeus (Lineu) que ganhou bulbos da espécie de um advogado alemão chamado J. H. van Sprekelsen. A introdução dessa planta na Europa se deu pelas mãos dos espanhóis que levaram bulbos do México no fim do século XVI.

Conhecendo Melhor a Sprekelia formosíssima

A planta que deu origem a um dos símbolos mais conhecidos e usados tem como nome científico Sprekelia formosíssima e pode ser conhecida popularmente como flor-de-lis, lírio-asteca, Lis de Saint-Jacques, lírio de St. James, Croix de Saint-Jacques e Jacobean lily. Pertence a família das Amarilidáceas e a sua origem é o México e a Guatemala.

Dentre as características que essa planta possui está o fato de ter flores de um tom vermelho bastante brilhante e as suas folhas serem do tipo laminares que surgem somente após as flores. Sua reprodução se dá por meio de divisão de bulbos no período de repouso com luminosidade de sol pleno. O solo usado para essa flor deve ser arenoso e seu cultivo pode ser feito em canteiros ou vasos.

Uma dica para a mistura de solo perfeita é usar 1 parte de terra vegetal com 1 parte de terra comum de jardim além de 2 partes de areia. As regas dessas plantas devem ser feitas no começo do seu período vegetativo e em seguida deve ser intensificado para dias alternados até que chegue ao momento da floração em que as regas devem voltar a ter um certo espaço de tempo.

Uma dica importante é evitar exceder a quantidade de água uma vez que pode apodrecer os bulbos e dar início a doenças fúngicas. Uma flor que é um símbolo usado em diversos momentos da história e que é uma flor linda.

A Flor de Liz é conhecida pela sua beleza exuberante. Diversas cores vivas fazem parte da composição, estas podem se misturar entre si, ou mesmo formarem cores únicas. Na prática, todos os países do planeta consomem esta magnífica flor que possui alto valor no mercado de botânicos.Interessante notar que esta planta é considerada um grande símbolo da monarquia francesa, foi usada principalmente para representar o galicismo que ganhou sua ascensão em toda Europa em épocas contemporâneas.

Entretanto, hoje em dia não é usado com tanta veemência como naquela época.Considera uma flor exótica, muito apreciada pela elite de qualquer país mundo afora. Seu caule, apesar de aparentar ser forte, pode ser rompido rapidamente, principalmente quando as raízes não estão bem plantadas dentro da terra existente no vazo. É necessário possuir bastante cuidado para o seu cultivo ou sua manutenção em estufas. A Flor de Liz gera de forma mais fácil em países tropicais.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Fotos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *