Como Plantar Orquídeas

A beleza, a complexidade e a diversidade incrível das orquídeas fazem delas plantas inigualáveis no mundo vegetal. Estas belezas exóticas constituem a maior família de plantas floríferas na Terra, com mais de 30.000 espécies diferentes, e pelo menos 200 mil híbridos.

As orquídeas podem ser encontradas nos trópicos equatoriais. O motivo para essa diversidade está na capacidade incrível que a orquídea tem de se adaptar ao seu ambiente.

Com tantas diferentes variedades de orquídeas que florescem em tantas diferentes condições de cultivo, é relativamente fácil encontrar uma orquídea que se adapte bem às condições que você pode oferecer.

A maioria das orquídeas cultivadas são nativas dos trópicos. Em seu habitat natural, elas unem-se à casca de árvores, ou à superfície de outras plantas. Suas raízes brancas são especialmente adaptadas para absorver a umidade e os nutrientes dissolvidos.

Porque estas orquídeas tropicais normalmente crescem no alto das árvores, ao invés de no chão da floresta, elas estão acostumadas à boa circulação de ar e muita luz.

Imagem de Amostra do You Tube

As Orquídeas são as plantas favoritas de muitas pessoas, e plantá-las é mais fácil do que se imagina. Veja o passo a passo de como plantar Orquídeas e enfeite a sua casa com mais vida:

Para começar retire as Orquídeas do vaso, faça uma divisão em partes.

Lave as raízes, é importante lavar as raízes em água corrente para eliminar as raízes mortas e manter as saudáveis intactas.

Esse passo é opcional, você pode colocar material de drenagem, que pode ser uma camada de brita, argila ou mesmo isopor.

Acrescente um substrato para depois poder fazer a colocação da muda.

O próximo passo é acomodar a muda da Orquídea e ter o cuidado de fazer de forma que ele possa crescer de forma mais saudável. A brotação nova deve ficar no centro do vaso.

O adubo também é opcional, mas faz toda a diferença. Você pode optar por adubo orgânico para ajudar as Orquídeas a crescerem mais e mais fortes.

Imagem de Amostra do You Tube

Muitas das plantas que compramos em exposições e floriculturas dificilmente sobrevivem em nossos jardins ou vasos que plantamos em casa. Muitas das vezes o motivo é a má manutenção e a forma da qual replantamos essas plantas e a maneira como cuidamos delas. Tudo pelo simples fato da falta de informação que encontramos para cuidar de plantas como as Orquídeas. As orquídeas são plantas muito delicadas que exigem cuidados especiais na hora do seu plantio, as pessoas mesmo não percebem quando a primavera chega e como as plantas mudam nesse período. A luminosidade aumenta, a maioria das plantas entra em estação reprodutiva e é nesse momento que os cuidados devem mudar e as plantas devem ser mudadas de vasos para outro lugar. Quando surgem as brotações como novas folhas e flores é a hora de replantar as suas orquídeas para um lugar maior onde elas possam se desenvolver livremente.

Imagem de Amostra do You Tube

Assim como muitas plantas, as orquídeas devem ser replantadas de tempos em tempos, isso acontece devido ao substrato que deixa de ter as substâncias que são essenciais para ela e também porque a maioria delas é comprada em vasos e, conforme vão se desenvolvendo, vão exigindo vasos ou lugares maiores para poderem crescer. Uma boa dica também é fazer mudas e multiplicar essas orquídeas grandes em várias para decorar o jardim. Como já mencionado, a primavera é a melhor estação para realizar esse tipo de trabalho, pois é quando as condições climáticas estão favoráveis para a cicatrização de raízes cortadas e os procedimentos serão feitos em um período em que as orquídeas não se encontrarão em período de dormência (fase que ela não resistiria ao replantio).

Como Replantar?

Você vai precisar dos seguintes materiais:

- Um vaso de plástico, de preferência um que retenha bastante umidade, pois esse tipo de planta requer que o substrato esteja sempre umedecido e jamais seco;

- O barro é recomendado para quem tem as plantas em locais cobertos;

- Substrato que consiste em uma mistura de carvão, pinus e fibras de coco;

- Cerâmica, muitas pessoas preferem plantar suas orquídeas em peças de argila ou de outro material, que deixam o aspecto mais bonito e pela decoração também ou falta de espaço;

- Tesoura para podar as hastes da planta e alicates (todos bem esterelizados);

- Varetas de metal, bambu ou arame para arquear as hastes que estiverem compridas.

Imagem de Amostra do You Tube

Passo a Passo

A primeira coisa a ser feita é retirar todo o substrato velho do vaso e das raízes, nesse processo algumas raízes podem se quebrar devido a fragilidade da planta, mas isso é natural. Pode e jogue fora as raízes que estiverem mortas, estas apresentam cores mais escura que as outras. Após a escolha do vaso ou do local onde será feito o plantio ou replantio da orquídea, forre-o com 1/3 dos cacos picados, estes cacos permitirão que as plantas drenem as águas na hora da rega. Encoste a parte de trás da planta no vaso para que ela fique bem acomodada dentro do vaso, caso não esteja replantando-a em um vaso, escore-a com uma das varetas. Estes escores também servem para manter a planta presa ao vaso ou ao local enquanto ela é enraizada, o que leva um tempinho. Acabe de completar o vaso ou a área onde esteja plantada a orquídea com o substrato restante.

Passo a Passo

Passo a Passo

Cuidados Especiais

Depois de todo o trabalho feito para o replantio, é muito importante manter o vaso em local que bata sombra durante pelo menos uma semana, e não regá-la durante esse tempo para que as suas cicatrizes sejam restauradas. Durante esse tempo, o que você pode fazer é pulverizá-la com água a noite para que ela não se desidrate. Passada uma semana, mantenha o substrato sempre úmido regando ela todos os dias, e para mantê-la saudável não se esqueça de fazer as adubações durante 15 dias.

Replantar em Árvores

É muito comum ver orquídeas plantadas em troncos de árvores por aí. Também dá um aspecto muito legal e combina muito com decorações de sítios ou decorações que tenham algo de natural. Algumas espécies de orquídeas são conhecidas como epífitas e podem ser facilmente transplantadas para o tronco de algumas espécies de árvores ou para outros tipos de fibras como a coco, por exemplo. Para isso, você irá precisar da fibra de coco para usá-lo como substrato, as tesouras e alicates para fazer a mesma poda que no outro tipo de replantio, ataduras de gaze e barbante. Os primeiros passos são os mesmos, então depois de cortas as raízes mortas, segure sua planta próxima ao tronco ou ao local onde deseja replantá-la, enrole todas as raízes com a gaze junto com o substrato e amarre tudo no tronco ou nas fibras de coco onde flor transplantar a planta com barbante, mas não aperte muito para não machucá-la, deixe fixo o bastante para fixá-la apenas. Você saberá que a planta está enraizada no momento em que o substrato e a gaze estiverem desaparecendo ou completamente desaparecidos.

Replantar em Árvores

Replantar em Árvores

Como Dividir as Mudas para o Replantio?

No momento do replantio, é a hora ideal para se fazer novas mudas e distribuí-las da forma como desejar. Você pode começar por dividir as plantas que estiverem com mais de 6 pseudobulbos para fazer a distribuição. Para isso, acomode a sua planta em um vaso novo e separe 3 mudas que tenham de 3 ou mais bulbos cada uma delas, faça os cortes com facas, tesouras ou qualquer outra coisa desde que esteja esterilizados.

Após acomodar cada uma das mudas em seus respectivos vasos, que sejam proporcionais ao seu tamanho, refaça os procedimentos indicados no passo a passo. Para saber quando deve renovar os vasos ou quando deve fazer o replantio das orquídeas, observe sua planta junto ao seu desenvolvimento, quando ela estiver muito grande (tombando) e com as raízes ocupando todo o vaso é o momento de fazer a troca de local da planta. Trocar de vaso é extremamente importante para o desenvolvimento da planta, isso deixa ela livre para expandir, crescer livremente deixando-a cada vez mais bonita.

2 comentários

  1. tenho algumas orquideas as coloquei em um tronco com musgo e outras plantas mais ele fica pendurado sem ser na terra futuramente as plantas e o musgo poderão secar se não tiverem fixado na terra ou pode ficar apenas no tronco como um balanço agradeço

  2. posso plantar mais de uma no vaso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>