Manjericão – Ocimum Basilicum

O popular Manjericão é uma erva medicinal e aromática cientificamente denominada de Ocimum Basilicum. O Ocimum Basilicum, além do nome de Manjericão é popularmente conhecido pelas seguintes denominações: Alfavaca, Alfavaca de jardim, Alfavaca Cheirosa, Alfavaca Doce, Alfavaca d’américa, Basílico, Erva Real, Manjericão Branco, Manjericão de Folha Larga, Manjericão de Molho, Manjericão Doce e Manjericão Grande.

Manjericão – Ocimum Basilicum

Manjericão – Ocimum Basilicum

O Manjericão pertence a família das Lamiaceae, que é composta por 258 gêneros de plantas e 7.193 espécies, sendo uma família bastante difundida em nosso país. As plantas dessa família se caracterizam por serem compostas por arvores, arbustos e ervas e por possuírem óleos essenciais que exalam aromas. Entre as espécies que compõem essa família estão: a Alfazema, o Orégano, o Tomilho, o Manjericão, o Hortelã, entre outras espécies. O Manjericão é a espécie vegetal pertencente a essa família mais cultivada no Brasil.

O Manjericão é uma espécie vegetal nativa da região sul do continente asiático, sendo oriunda mais precisamente da Índia.

Essa planta é conhecida pela humanidade desde os tempos antigos por povos como os próprios indianos, os gregos, os egípcios e os romanos. O Manjericão é considerado sagrado pelos hindus, representando Tulasi, que é a esposa do Deus Vishnu.

As Características Do Manjericão – Ocimum Basilicum

O Manjericão se caracteriza por ser uma planta herbácea (são espécies vegetais que possuem porte variado e possuem caule não lenhoso, podem ser perenes e cultivadas em locais de sombra e possuir função ornamental), com funções medicinais, condimentares e aromáticas.

O Manjericão é considerado como uma espécie vegetal perene, isto é, apresenta um longo ciclo de vida – maior que 02 (dois) anos, também é uma planta de pequeno porte, que atinge uma altura média de 01 (um) metro. O Manjericão possui um caule ereto, ramificado e não lenhoso. O seu formato é bastante irregular.

As folhas do Manjericão são delicadas, possuem formato ovalado, são pubescentes (coberta de pelos finos) e apresentam coloração verde brilhante.

As Características Do Manjericão – Ocimum Basilicum

As Características Do Manjericão – Ocimum Basilicum

As inflorescências do Manjericão são do tipo espiga (lembram o formato de uma espiga de milho), e são compostas por pequenas flores, que se apresentam nas cores branca, lilás e vermelha.

As flores do Manjericão surgem normalmente no período do verão. Mas quando cultivadas em locais quentes, elas podem florescer em qualquer época do ano (primavera, verão, outono e inverno).

A polinização das flores do Manjericão é do tipo cruzada (o pólen de uma flor fecunda o estigma de outra flor).

As flores do Manjericão têm poder atrativo sobre as abelhas e borboletas, e estes animais são parte fundamental no processo de polinização da espécie, pois eles conduzem o pólen para a outra flor se reproduzir.

Os frutos do Manjericão são do aquênio (fruto normalmente seco e portam uma semente, podendo ser carnosos – exemplo conhecido de fruto tipo aquênio é o caju e a castanha) e possuem a cor preto azulada.

Existem mais de 60 diferentes variedades de manjericão, que possuem variações na cor, no seu tamanho, folhas, porte da planta e concentração do aroma. O Manjericão de folhas verdes é a espécie mais conhecida, enquanto a mais rara é o Manjericão de folhas vermelhas.

O Cultivo Do Manjericão – Ocimum Basilicum

O Manjericão é uma espécie vegetal típica de clima equatorial, contudo ela se adapta facilmente para ser cultivada em regiões que apresentam o clima tropical, mediterrâneo e subtropical.

O Manjericão é uma espécie vegetal que pode ser plantada em qualquer época do ano (primavera, verão, outono e inverno) quando são cultivadas em locais que possuem uma boa quantidade de calor em sua temperatura media.

O Manjericão deve ser cultivado sob pleno sol, em solo com boa fertilidade e que possua uma boa drenagem, e que pode sofrer enriquecimento com aplicação de material orgânico e seja irrigado com regularidade.

O Manjericão é uma espécie vegetal que é sensível a falta de água, por isso a rega tem que ser realizada sempre, contudo o solo não precisa ficar úmido.

O Manjericão é uma espécie vegetal que suporta temperatura mais baixa (porém irá se desenvolver com uma velocidade menor que o normal), no entanto ela não tolera o frio, as geadas e o calor excessivo.

O Manjericão é uma planta que pode ser cultivada em vasos e diretamente em canteiros que sejam bem adubados.

O Manjericão é uma planta que não suporta uma grande sequencia de colheitas, e esse fator faz com que a planta exija o replantio para que continue produzindo o Manjericão.

A Multiplicação Do Manjericão – Ocimum Basilicum

O Manjericão se multiplica principalmente através de estaquia e por dispersão de suas sementes.

No caso do Manjericão o processo de multiplicação por estaquia consiste em formar estacas de ponteiro com partes dos ramos do Manjericão, caso estes estejam floridos. É interessante que esse ponteiro tenha a presença de folhas e raízes para que essas estacas gerem condições das plantas se estabelecerem no novo local de cultivo do Manjericão.

De uma forma geral essas estacas são colocadas para enraizamento no período da primavera. Algumas dicas para facilitar o enraizamento é colocar a estaca no terreno junto com vermiculita ou casca de arroz carbonizada, que devem ser mantidas úmidas. Para ter plena certeza que a muda enraizou e irá gerar uma nova planta é quando ela começar a emitir novas folhas.

No caso do processo de dispersão de sementes do Manjericão, este consiste em espalhar as sementes que foram produzidas após a polinização, em locais apropriados para o cultivo da espécie.

A Utilização Do Manjericão – Ocimum Basilicum

As folhas do Manjericão são utilizadas para uma serie de utilidades que exploram o sabor e o aroma doce, que é característico dessa espécie vegetal.

As folhas e frutos do Manjericão podem ser usados na culinária. Elas são aproveitadas secas ou mesmo frescas na preparação de vários pratos. Os frutos quando utilizados secos são ótimos temperos para carnes, pois dão um sabor picante bem acentuado.

As folhas secas podem ser guardadas em um pote bem fechado que elas irão guardar o aroma característico do Manjericão.

O Manjericão é bastante usado pela culinária italiana, sendo o principal ingrediente de pratos e molhos. O Manjericão combina com outros ingredientes como tomate, azeite, carnes vermelhas, limão, queijos e massas.

O Manjericão também é produzido para a extração de óleo essencial, sendo esse óleo muito usado na fabricação de bebidas, alimentos, perfumes e na fabricação de outros produtos.

O Manjericão também é usado na medicina popular (alternativa), onde é considerada por apresentar propriedades relaxantes (calmantes para os nervos), propriedades tônicas, propriedades digestivas, propriedades contra problemas respiratórios e reumáticos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Informações

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *