Cactos Para Decorar a Casa

Existem horas em que a nossa casa precisa de uma decoração melhor. Sabe quem pode ajudar a deixar a sua casa muito mais bonita ? As plantas! E existem espécies que realmente parecem ter sido feitas para isto. Os cactos são um exemplo disso, pois são considerados grandes elementos do paisagismo interno. Os menores realmente parecem ser mais elegantes para decorar a casa, e são eles que nós vamos conhecer aqui neste artigo. Saiba quais são os melhores cactos para usar na sua decoração e deixar o visual interno ainda mais elegante!

Porque os Cactos são Elementos Decorativos ?

Você deve estar se perguntando porque os cactos são verdadeiramente elementos decorativos ? Na verdade, tudo é mais uma questão de prática do que de beleza, apesar de que algumas espécies possuem características físicas de se invejar a qualquer flor. Porém, os cactos ou as suculentas, que é um tipo de cacto, costumam ser bem simples de cuidar, não necessitando de muitos cuidados na hora do cultivo. Além disso, eles se adaptam a qualquer clima, apesar de preferir as temperaturas mais altas. Eles podem ser colocados em qualquer lugar da casa, em vasinhos ou jardineiras, enfeitando qualquer cômodo que você escolher. Eles podem ficar bem na janela da cozinha ou até mesmo em cima da mesinha de cabeceira da sua casa. Os cactos costumam combinar com vários ambientes, de uma forma paisagística. Por isso, é uma grande vantagem utilizar estas espécies em decorações internas ou até mesmo externas. Para falar a verdade, os cactos são mais elementos decorativos para o interior da casa, escritórios ou qualquer outro ambiente interno. Por isso, eles podem ser ótimas opções em todos os sentidos. Além de todas essas características, existem ainda diversas variedades de cactos que podme ser escolhidas a dedo, de forma que cada variante combine com a sua decoração como um todo.

Cactos Para Decorar

Agora que você sabe as vantagens de se ter um cacto dentro de casa para fins decorativos, você já pode escolher a espécie que mais lhe agradar! Sendo assim, comece pesquisando ou então lendo este artigo até o final. Veja qual a variantes de cacto mais vai te agradar e comece escolhendo de uma vez por todas!

1. Suculentas

As suculentas são tipos de cactos muito pequenos e resistentes, podendo ser largamente usados em decorações de interiores, não se restringindo apenas a cassas no geral. Elas possuem folhas gordurentas e bastante aquosas e por isso quase não necessitam ser regadas, o que já representa uma grande vantagem com relação a uma decoração mais simples. Uma outra vantagem é que é possível escolher e conhecer diversas variantes de suculentas, umas com folhas maiores e outras com a folhagem ainda menor. Para isso, basta conhecer os elementos decorativos do local de destino e fazer a sua escolha. As suculentas de folhas menores costumam ser mais delicadas, destinadas a ambientes mais elegantes, luxuosos e que dão um ar de leveza. Aquelas que possuem folhas maiores precisam ser colocadas em locais mais chamativos, mais marcantes, que precisam de algo mais decorativo para dar um ar mais elaborado ao ambiente!

2. Maguey

A Maguey é uma espécie de cacto ou suculenta muito comum para decoração de jardins e ambientes exteriores. Ela deverá ser colocada em locais espaçosos porque pode crescer bastante, atingindo dimensões bem largas. Esta espécie é um ótimo elemento decorativo porque possui flores de cores vivas. Além disso, suas folhas são bastante ornamentais, possuindo uma folha. Sua folhagem grande acaba chamando muito a atenção, podendo ser misturada com outras espécies ou até mesmo outra suculentas da mesma dimensão que a mesma.

3. Suculenta Floral

Uma espécie de suculenta ou cacto que está sempre em ambientes decorados são aquelas em formato de flor. Elas são muito bonitas e deixam o ambiente bem elegante, seja ele qual for. Elas costumam se assemelhar a rosas e possuem cores muito excêntricas, podendo variar de espécie para espécie. Suas pétalas costumam ser muito verdes, possuindo um pouco de textura e sendo bastante amplas. Elas também costumam ser grosas, um pouco aquosas, não precisando ser regadas com frequência. O contorno das folhas terminam com um tom meio avermelhado ou até mesmo rosado. Por causa dessa mescla de colorações, a planta é muito usada no paisagismo interno, pois possui uma dimensão bem reduzida.

4. Cactos Com Flores

Por possuírem flores, algumas espécies de cactos podem ser essenciais no quesito decoração de escritórios, salas, quartos e até mesmo cozinhas. Existem uma grande variedade destas espécies que costumam possuir pelas florações, que costumam aparecer na primavera, resistindo bastante por bastante tempo. A variedade é grande, o que dificulta a escolha da melhor!

5. Cactos com Espinhos

Os cactos de verdade são conhecidos por possuírem muitos espinhos, o que ajuda ainda mais na sua utilização como um elemento decorativo. As espécies que possuem vários espinhos, de formatos e tipos diferentes, podem ser usados amplamente em ambientes internos, considerando escritórios e locais mais sérios. Você também pode usar estas espécies para varandas por exemplo, o que costuma estar na moda nos dias de hoje.

6. Nopal

O Nopal é uma espécie bem típica do deserto e que possui um formato bastante ornamental. Por causa disso, ele é amplamente usado para decoração de interiores, por ser, até mesmo, uma espécie de porte reduzido. O Nopal mini, muito usado em decoração interno, pode ser mesclado com outros tipos de cactos, já que o mesmo possui design bastante simples. Coloque-o em um vaso, regue uma vez em cada mês e a sua decoração estará preparada!

7. Opuntia Ficus-Indica

O cacto conhecido como nopal pode dar frutos também, possuindo um porte maior do que aquele visto logo acima. Eles costumam ser bem elaborados, necessitando de bastante espaço para crescer. Esta variação do Nopal desértico costuma se chamar Opuntia ficus-indica. Seus frutos costumam te ruma coloração viva, o que o torna um grande elemento decorativo, para enfeitar varandas grandes, jardins e quintais mais espaçados. Estes frutos costumam ser rosados, combinando com as suas folhas grossas e bastante esverdeadas.

Escrito por Jéssica Monteiro da Silvan

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *