Árvores de Folhas Caducas

O nosso meio ambiente é repleto de árvores de todos os tipos. Vamos encontrar as frutíferas, que são as mais plantadas em casa, os pinheiros que faz muito sucesso no final do ano, arvores onde a folhagem tem uma cor toda especial, entre outras. Para aqueles que gostam de plantas, conhecer essas variações de árvore, é um passatempo e tanto. Cada uma dessas plantas tem as suas características bem particulares e devemos segui-las com atenção.

Nós precisamos das plantas para sobreviver, pois é a partir delas que é produzido o oxigênio que respiramos. Sem árvores, passaríamos a respirar dióxido de carbono o que afetaria demais nosso organismo e causaria nossa morte. Daí a importância de cuidar bem no meio ambiente e principalmente as árvores.

Aqui nessa conversa, vamos falar um pouco mais sobre as árvores de folhas caducas. Elas são bem diferentes de muitas árvores e seu porte, assim como sua formação, a torna muito especial na natureza. Vamos entender melhor aqui, sobre o papel dela na nossa natureza, que é muito importante e conhecer algumas de suas funcionalidades, assim como cultivar essa planta se você tiver um terreno suficientemente estruturado para isso.

O Que São Árvores de Folhas Caducas

Essa espécie de árvore é assim chamada por perder suas folhas todos os anos. A cada ciclo que termina, existe uma troca de folhagem dessa espécie, como se ela fizesse uma “limpeza” geral em suas folhas para receber folhagens novinhas. Isso geralmente acontece no inicio do inverno, o que faz com que essa estação em alguns países seja caracterizada por árvores somente com galhos. Quem olhar esse tipo de árvore e não conhecer a espécie vai de fato achar que a árvore está morta ou que todas as folhas foram arrancadas dela, porém esse processo acontece naturalmente.

Existem diferentes tipos de árvores caducas que vamos conhecer separadamente mais abaixo. Cada tipo apresenta uma coloração diferente nas suas folhas e estas ainda podem mudar de cor anunciado que vai iniciar o processo de derramamento, como é chamada a “queda” das folhagens.  As árvores caducas podem ser encontradas em todas as partes do mundo, mas a maior incidência encontra-se na Ásia, Europa e América.

Tipos de Árvores de Folha Caduca

Como citamos mais acima, existem alguns tipos de árvores com folhagem caduca, o carvalho é um ótimo exemplo dessa espécie. Alguns estudiosos ainda classificam essas árvores em quatro tipos de acordo com a estrutura e posicionamento de suas folhas. Vamos conhecer primeiramente então, esses quatro tipos de árvores de folhagem caduca.

Folhas simples localizadas em frente ao outro.

Folhas simples localizadas alternadamente.

Folhas compostas localizadas no lado oposto um ao outro.

Folhas compostas localizadas alternadamente.

Vamos conhecer algumas árvores de folhas caducas e suas características.

Nogueira Comum

Tecnicamente chamada de Juglans Regia, a Nogueira que pertence à família das Juglandeas, e tem uma altura variando entre 10 e 20m. Essa árvore é comum no Sudeste da Europa e Oeste da Ásia e tem um cultivo muito antigo. Hoje a maior quantidade dessa espécie se encontra em Portugal onde você cruzará por uma Nogueira Comum em todas as regiões do país.

As folhas da Nogueira Comum são grandes e densas além de terem um aroma maravilhoso. Seus frutos são semelhantes a nozes e podem ser ingeridos tranquilamente, sendo a época mais propícia para o amadurecimento, no mês de outubro.

Cerejeira

Seu nome técnico é Prunus avium e esta árvore pertence à família das Rosáceas. A cerejeira é uma árvore muito popular devido à qualidade de sua madeira e de seu crescimento rápido, o que faz com que essa árvore seja de grande interesse florestal.  O fruto dessa cerejeira não é aquele vermelho que comumente encontramos em prateleira de supermercados, eles são mais escuros com uma cor negra e são bem carnosos.

Essa planta encontra-se mais comumente na Europa, América e Ásia principalmente nas zonas onde o clima é mais fresco e o solo mais leve, mesmo a Cerejeira não exigindo tanto um tipo de solo, adaptando-se aos mais variados.

Ginjeira

A Prunus Cerasus como é tecnicamente chamada Ginjeira, pertence à família das Rosáceas e mede cerca de 8 metros. É comumente encontrada na Ásia e a troca de folhas geralmente acontece entre os meses de abril e maio. Apesar de ser uma planta muito solicita para ornamentações, ela é bastante valorizada por produzir um licor de ginja, muito comum em Portugal, por isso, apesar de ser uma planta de origem asiática, ela é muito cultivada nesse país. A ginja, fruto desta árvore, também é muito consumido em compotas e conservas.

Figueira

O nome técnico é Ficus Carica e pertence à família das Moráceas e é uma árvore conhecida pela sua resistência à secura, por isso tão comum em regiões com climas nessa característica, mas apesar de suportar grandes temperaturas, a figueira precisa de um solo com um pouco de umidade para resistir à falta de água.

O figo, fruto tradicional dessa árvore, é muito suculento e em forma de pêra. Aqui no Brasil é muito encontrar o figo em conserva e muito utilizado em tortas e bolo. O uso do figo é muito utilizado para produção de bebidas, principalmente licores.

Floresta Caducifólia

Florestas Caducifólias são extensões florestais formadas somente por árvores de folhas caducas. Esse tipo de floresta é mais comum no litoral nordeste dos Estados Unidos e sudeste do Canadá e existem algumas também por toda a Europa. Devido a exploração dessas áreas serem muito constantes, existem hoje algumas leis severas que proíbem o corte e desmatamento das caducifólias.

O clima dessa região geralmente é muito variado. Como não existe uma família apenas de caducifólias, as diversas árvores que formam esse tipo de classificação apresentam também variadas características tanto em relação ao solo como ao clima. De todas as estações, que são bem distintas como falamos, o inverno que geralmente agride mais essas florestas por ser mais rigoroso.

As florestas caducifólias são também, habitar para algumas espécies de animais como ursos, veados, lobos, esquilos, lebres, aves, raposas, entre outros. Essa preferência ocorre devido a variedade de plantas e consequentemente a variedade de alimentos que podem ser encontrados com mais facilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>