Como Usar a Borra de Café nas Plantas

O café é usado como forma de melhoria de diversos pontos relacionados à saúde, o que muitos não sabem é que até a borra que é sobra dele também tem grande utilidade. Povos antigos previam o futuro das pessoas somente observando as marcas que a borra de café deixando no fundo das xícaras, essa prática milenar é chamada de cafeomancia. Ela passou a se desenvolver pelos povos árabes e era bastante utilizada pelas odaliscas dos antigos sultões.

Essa forma de oráculo auxilia no desenvolvimento e na prática da intuição, ajudando na comunicação espiritual e é um exercício que promove a percepção espiritual, sempre que se tenciona promover desvendar os diversos significados que podem ter os símbolos.

https://www.youtube.com/watch?v=gP08MVacEfs

A Borra de Café e Suas Utilidades

O café é tido como uma das bebidas mais consumida e também dos brasileiros, até porque, ocupamos, dentre todas as nações, o segundo lugar em consumo desse estimulante natural em todo o mundo. Mas além de ser uma bebida extremamente saborosa, o café também é considerado como um ótimo fertilizante, já que possui a propriedade de deixar o solo mais fértil, repleto de nutrientes, auxiliando para um melhor desenvolvimento das plantas.

Logo abaixo podemos citar inúmeras funções que a borra de café pode ter para as plantas, já que a mesma, quando depositada no lixo, passa a se decompor e promove a liberação de, um gás cujo efeito é várias vezes maior que o CO2 contrapondo ao do efeito estufa. Com isso, através de simples atividades, pode-se trazer maior saúde ao jardim e fazer isso sem estragar em nada o meio ambiente.

A título de conhecimento, a borra é uma grande fonte de nitrogênio, que também é um dos mais importantes componentes do solo e ainda aquele que é mais assimilado pelos vegetais, mas para que a borra do café seja utilizada, é necessário que primeiramente seja feita a preparação adequada da terra.

Procedimentos Que Ajudam na Beleza e na Nutrição das Plantas

Como Usar a Borra de Café

A primeira coisa a se fazer é bastante simples, porém não possui efeito imediato, pois se a borra de café for depositada diretamente sobre o solo, sem que seja misturada aos demais adubos orgânicos, ela atuará de maneira negativa e não fertilizará a terra, retirará da mesma o nitrogênio para se decompor, inclusive gerando inúmeros fungos.

O melhor é usá-la em conjunto com outros fertilizantes naturais, desde que estejam bem triturados, como casca de frutas e legumes, restos de grama que foi cortada, casca de ovos, deixando que tudo seque ao sol. Depois dessa etapa, deixe por mais ou menos 60 dias para que ocorra a fermentação, mexendo de vez em quando a mistura até que se torne numa mistura homogênea, que então já poderá ser usada como adubo. Outra maneira de se fazer a adubação é misturar dez partes de terra para uma parte de borra de café.

Na limpeza das plantas: A borra de café ainda pode ser usada na limpeza das folhas das plantas que passam grande parte do tempo dentro de casa, dissolvendo uma parte da mesma em até cinco partes d’água. Para limpar, basta molhar um chumaço de algodão ou um pano na mistura e passar nas folhas da planta. Isso deixa as folhas limpas e brilhantes.

Dica importante: Não acondicione por muito tempo a borra do café, senão a mesma criará mofo.

Benefícios da Borra de Café Para as Plantas

Na compostagem: Com a borra de café inserida junto aos produtos da compostagem, esta eliminará um aroma mais suave, se tornará mais aquecida e obterá um maior nível de umidade. Para que seja mais eficiente, é aconselhável juntar folhas secas, que impedem o mau odor, e também serragem, para diminuir a umidade;

Na fertilização das plantas: A borra de café fornece diversos nutrientes para auxiliar o solo, além de promover a proteção, atuando na eliminação das bactérias e de demais micro-organismos que causam problemas à fertilidade do solo, deixa as plantas muito mais saudáveis e produtivas. Porém, antes de depositá-la diretamente sobre a terra, é recomendado que se junte um pouco de fósforo, que é disponibilizado através de farinhas esterco de aves ou de sangue e ossos e também um pouco de potássio, obtido através do esterco  de outros animais, para que a borra não retire o nitrogênio usando-o para se decompor, ocasionando assim a criação de fungos;

Como repelente contra diversos tipos de pragas: Quando se faz uso de repelentes químicos é necessário considerar que, mesmo que sejam mais eficientes no combate e controle das pragas, ele possui uma grande sobrevida na terra, e, com isso, pode vir a causar a morte de outros insetos que são benéficos para o cultivo das plantas, isso sem mencionar que os produtos químicos prejudicam demais a qualidade da planta. Para impedir que ocorram esses problemas, uma opção considerável é usar a borra de café como ação repelente, especialmente se o café for moído em casa, já que se torna ainda mais eficaz no combate das pragas;

Para atrair mais e mais minhocas: As minhocas são doidas por borras de café. Então, além de usar a borra, junte também restos de serragem e alimento. Dessa maneira você estará fazendo um convite para atrair muitas minhocas para seu canteiro ou seu jardim, e assim ele ficará muito mais rico em adubação o que tornará suas flores mais e mais belas.

Dica importante: As minhocas gostam bastante de borras de café já velhas. O cheiro de mofo e de fermentação é o mais preferido delas;

Na alteração ou mudança do solo: Se você estiver programando para aumentar ou construir um canteiro em sua casa ou ainda em arrumar determinada parte de seu jardim, a borra de café se torna uma grande aliada. A terra e o solo devem ser bem misturados numa proporção que seja mais ou menos de 50/50. Depois de fazer essa mistura, aguarde aproximadamente 60 dias para que possa ser feito o plantio de alguma muda ou de alguma semente, assim, a chance de sucesso do plantio se tornará quase que total.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *