Flor de Gloxinias

As gloxínias são herbáceas tuberosas originárias das matas tropicais do nosso país, mas antes de serem cultivadas no Brasil eram plantadas na Europa.

As gloxínias chamam a atenção principalmente pelo seu aspecto exótico, cores intensas, pétalas e folhas aveludadas, realmente são plantas exuberantes. Mai ainda, pelas suas belíssimas flores que também são aveludadas e são bem grandes, podendo chegar a media 10 centímetros de diâmetro. O mesmo podemos falar da sua folhagem, também com a textura aveludada é muito vistosa e se apresenta na forma oval. Somadas todas essas características, as gloxínias atraem os paisagistas e são muito usadas na ornamentação, principalmente aquela de interiores.

Se você pensa que a beleza da gloxínia termina por aqui, não, ela ainda reserva muito mais beleza para os olhos por conta das suas cores. Tonas arroxeados, alaranjados, ou ainda, o seu intenso colorido nos presenteia com tonalidades rosadas ou avermelhadas. As flores ainda podem ser encontradas com menos frequência nas cores púrpura, na cor vinho ou nas bordas das pétalas, quando essas são esbranquiçadas.

Outra vantagem da gloxínia é que sua florescência pode acontecer nos 365 dias do ano, porém, não se assuste quando ela passar por um pequeno período de dormência. Ela poderá parecer seca e chegar a ficar sem folhas ou flores, mas voltará a ser linda logo em seguida. Claro, se ela receber os cuidados necessários.

Para Garantir a Beleza das Gloxínias é Necessário ter os Seguintes Cuidados:

  • Quando a gloxínia parece ser seca, sem flores e sem folhas, no período de dormência, o correto é ir gradualmente diminuindo as regas. Faça isso até que a planta fique completamente seca. Esse período pode durar até 3 meses, quando só tubérculos estarão dormentes e a terra deverá ficar neste período levemente úmida. Você observará que passado o tempo de dormência será possível ver novos brotos e não demorará muito para que a planta volte a crescer.
  • O ideal é que as plantas gloxínias sejam cultivadas em solo poroso e uma boa base pode ser feita dessa forma: 2 partes de composto orgânico para 1 parte de farinha de ossos e mais 1 parte de areia grossa e mais 1 parte de terra. 
  • Outro cuidado de extrema importância que se deve ter com a gloxínia é na hora de regá-la. Se a planta receber mais água do que precisa, ficará úmida e isso fará com que se proliferem insetos e fungos. Essas pragas, normalmente, ficam escondidas embaixo das folhas.
  • Ainda falando de rega: as pétalas não devem ser molhadas porque isso poderá fazer com que elas fiquem manchadas e expostas ao ataque de pragas.
  • Se por acaso, mesmo com todo cuidado, a gloxínia sofrer com ataque de pragas, use sabão neutro com água morna para lavar a parte da folha doente. Porém, quando as folhas ou as pétalas estiverem muito murchas, deverão ser retiradas.
  • A gloxínia não deve ser exposta diretamente ao sol, porém, é melhor deixá-los próximo a janela para receber indiretamente a luz solar e o calor matinal e à tarde.
  • A gloxínia é uma planta para ser cultivada em vasos e o seu uso mais adequado é na parte interior da casa em lugar que tenha boa iluminação natural. 

Sobre o Cultivo da Gloxínia: Aprenda

O cultivo é feito com a retirada do tubérculo da terra, que deverá ser colocado em lugar seco e arejado. Um bom lugar para deixá-los é dentro de uma caixa de papel e cada um enrolado em um papel, que poderá servir para identificar que cores são as flores que tem aquela gloxínia.

Esse primeiro processo pode ser feito no outono, momento em que a planta entra em dormência e as folhas caem. Quando a primavera chegar é hora de preparar o vaso para receber as plantas. Crie um substrato com adubo animal curtido pode ser de aves ou gado e não esqueça de misturar húmus de minhoca ou composto orgânico. Incremente com uma colher de adubo NPK tipo granulado que tenha a fórmula 4-14-8. Outra alternativa é a mistura dada anteriormente.

O fundo do vaso deverá ser coberto com uma manta geotêxtil, você encontra em lojas que vendam produtos para cultivo de plantas. Depois é só jogar areia úmida e você não terá problemas com a drenagem. Por fim, pode colocar o substrato que foi preparado e abrir os buracos para receberem o tubérculo. Não aperte e nem enterre, apenas depois de colocar o tubérculo jogue um pouco de substrato por cima. Nos primeiros dias, deixe a sua planta em lugar quente e com boa iluminação. E não precisa adubá-la novamente quando as flores começarem aparecer, assim como a rega deverá ser feita somente com o substrato quase secando.

A temperatura ideal para cultivar as gloxínias é de 22 a 24 graus.

Mais Dicas e Cuidados com a Gloxínia

  • Uma forma simples de irrigação é deixar um prato grande sob o vaso com cascalhos e colocar a água nele para que a planta absorva, evitando de encharcá-la por engano.
  • Se quiser fazer a multiplicação poderá escolher entre: divisão de tubérculos, estaquia das folhas ou sementes, sempre trâmite os bulbos.
  • Não molhe as haste para evitar o apodrecimento. 
  • Durante o crescimento o adubo se faz necessário uma vez por mês.
  • A planta deve repousar depois da primeira floração pelo menos 2 meses e no máximo 4 meses.
  • É normal que depois da floração a planta sugue das folhas os nutriente e estas, em consequência morram. Elas deverão ser retiradas.
  • Com algumas gotas de água sanitária na água você poderá evitar que as folhas morram.
  • Para aproveitar as folhas retiradas, elas poderão ser colocadas dentro de uma bacia plástica, com furos no fundo e cheias com areia de construção. As folhas colocadas no recipiente não poderão ter o pecíolo. Depois é só deixar essa areia na sombra e sempre úmida. Você observará que se formarão raízes, que estarão prontas para o plantio. Dentro de um ano, estarão crescidas e dando flores.
  • O processo de plantio com sementes, segundo os especialistas, é aquele mais lento e para que funcione será necessário o uso de estufas.

Para quem deseja cultivar flores que dão o ano inteira, as flores de Gloxinias são uma ótima opção, visto que florescem durante todo o ano, entrando em períodos de dormência apenas entre as florações.

São flores de pequeno porte, atingindo somente 30cm de altura. São lindas flores que são encontradas em diferentes cores como vermelho, lilás, entre outras.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Naturais

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • como faço pra mim comprar

    lucia 23 de Fevereiro de 2011 13:10 Responder
  • como poço faser para comprar essas flores

    lucia 23 de Fevereiro de 2011 13:12 Responder
  • oqe eu poso fazer pra compra ?
    🙂

    monielly souza domingos 3 de Janeiro de 2012 20:44 Responder
  • gostaria muito de comprar bulbos variados

    lizete 18 de junho de 2012 22:34 Responder
  • O que faço para adquirir estes exemplares (gloxinias)

    Romilda Pinho 31 de outubro de 2012 16:39 Responder
    • Onde e como faço para comprar estas mudas. Obrigada Iolanda.

      Iolanda 25 de Março de 2014 11:01 Responder
  • Boa tarde.

    Onde posso comprar gloxinias?

    claudia lange 1 de Janeiro de 2013 18:38 Responder
  • Onde posso comprar as mudas ou bulbos?

    ellen 14 de outubro de 2013 12:30 Responder
  • Boa tarde!Por favor gostaria de saber onde compro as mudas ou sementes de gloxínia

    ellen 14 de outubro de 2013 19:04 Responder
  • oi gostaria de saber como posso compra agloxinias

    tania maria da silva 6 de Janeiro de 2014 19:05 Responder
  • gostaria muito de adquirir bulbos variados,como fazer para comprar.

    Elizete Gomes 1 de Fevereiro de 2014 0:24 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *