Como Fazer Um Jardim Sensorial Dentro de Casa

As plantas dão vida para nossa casa, não importa se estão na parte interna ou externa, é sempre bom tê-las por perto. Sem falar que esse pequeno contato com a natureza nos concede muita beleza para a decoração. Quem tem um belo jardim, sabe bem a diferença que faz ter belas plantas próximas dos olhos. Porém, apesar de serem basicamente atrativas pela beleza, podemos “explorá-las” de mais formas, isto é, usando todos os sentidos. A melhor maneira de se fazer isso é pensando em um jardim sensorial, que pode ser feito dentro de casa.

O projeto de jardim sensorial pode ser feito dentro de casa, mas claro, também na varanda, no quintal, em qualquer espaço que você resolva dedicar para ter mais contato com a natureza. A ideia desse tipo de projeto é estimular os cinco sentidos: gustação, audição, olfato, tato, além da visão, que estamos mais acostumados a usar quando o assunto é falar da beleza das plantas.

Esse conceito de jardim sensorial está muito associado ao Feng-Shui e também vem sendo praticado pelos especialistas em jardinagem orgânica. 

As Vantagens de Se Ter Um Jardim Sensorial em Casa

O jardim sensorial tem como um grande diferencial o fato de dar a oportunidade as pessoas de interagir ainda mais com o meio ambiente. Sem falar que a ideia de “usar” os cinco sentidos, faz com que exista um equilíbrio maior neste contato, aguça cada um dos sentidos, é considerado praticamente uma forma de terapia.

Sem falar, que o jardim sensorial desperta o aprendizado. Sendo assim, um maior número de pessoas ficam mais próximas da natureza, quando estariam bem longe. Para isso, basta fazer o cultivo e criar um jardim priorizando o uso dos 5 sentidos para interagir com ele. Você vai aprender aqui como fazê-lo.

Sobre as origens do jardim sensorial, ele as tem na cultura oriental. A ideia central desse projeto é aquela de misturar as mais variadas texturas, espécies, para estimular o tato; entrar com fluxos de água, pequenas cascatas ou aquários para estimular a audição; para aguçar a visão são usadas muitas flores e folhagens; enquanto para o olfato a mistura de ervas e os seus aromas darão o toque para o espaço e por fim, a gustação, colocando entre essas ervas, aquelas mais deliciosas e também algumas plantas comestíveis.

Plantas Para Aguçar Os 5 Sentidos: O Que Colocar no Jardim

Segundo os especialistas em projetos de jardins sensoriais, o ponto chave para que ele funcione é a variedade. Quanto maior for o número de espécies, mais legal ficará o seu projeto. Então, algumas dicas para não errar:

  • As plantas aromáticas são essenciais para que um jardim seja realmente sensorial e lhe dê tudo aquilo que é necessário para aguçar os sentidos.
  • No caso do tato é muito importante o cuidado na escolha para garantir espécies que tenham folhas que apresentem texturas diferentes.
  • A beleza, para a visão, ficará por conta de lindas flores e folhagens, sempre, quanto mais variado, melhor.
  • Já a audição precisa ser contemplada com algum objeto que garanta o barulho da água. Uma pequena fonte, com certeza, é o melhor caminho.

A dica dos paisagistas é que você não precisa montar todo o jardim em um único ponto da casa. O que seria um problema para as pessoas que moram em apartamento. A dica é fazer um pequeno cantinho para cada parte do seu jardim sensorial, aproveitando pequenos espaços.

Dicas Para Cada Um dos Sentidos: Como Fazer

1- Visão: os olhos precisam se deslumbrar com aquilo que estão vendo, então, escolha muitas variedades com folhagens bonitas, mas também pense em variar nos tamanhos e nas formas. As cores também, quanto mais forem, melhor. Dicas de plantas que poderão ser usadas para dar o efeito “visão” que o seu jardim sensorial precisa: camelia japônica, crisântemos, gerânios, violetas, flor-de-cera, cavalinha, calêndula, são alguns exemplos.

2- Olfato: o seu jardim sensorial tem que perfumar e as ervas aromáticas são perfeitas para dar esse toque especial, aquelas usadas para temperar ou até mesmo para fazer chá. Elas com certeza irão estimular o olfato. Veja a dica de algumas plantas que vão colaborar com a parte do olfato do seu jardim sensorial: orégano, camomila, tomilho, hortelã, erva-doce, alecrim, funcho e manjericão, são alguns exemplos. Algumas flores também são muito perfumadas e podem ajudar nesta parte do olfato, como: as gardênias, os jasmins que tem aroma de limão, as orquídeas sherry baby que remetem ao cheiro de chocolate, o capim-limão, as trepadeiras com perfume de tuti-frutti e a deliciosa e perfumada lavanda. 

3- Tato: esse é aquele contato que é feito com as mãos, tem que sentir para entender a beleza das plantas, por isso, para que o toque faça essa ligação é necessário usar espécies como as crassulaceaes e as suculentas. Também vale a pena ter alguns tipos de cactos, assim como plantas que possuam folhas aveludadas, um bom exemplo, é a veludo-roxo. Mais algumas ideias para o tato no seu jardim sensorial: tuia-limão e tuia-holandesa e corações emaranhados. Ambas são sempre usadas em projetos de profissionais de paisagismo especializados em jardins sensoriais.

4- Paladar: para sentir com o esse sentido só mesmo experimentando e neste ponto, as ervas aromáticas são perfeitas para o seu jardim sensorial. Use muitos temperos, que depois ainda poderão ser usados nas suas receitas, mas não só, ervas para chá de infusão, além das pequenas árvores frutíferas. Você pode ter morangos, laranjinha, tomatinhos e também as plantas comestíveis. 

5- Audição: para completar a audição, como já foi dito anteriormente ela deve ser aguçada com barulho da água, que pode ser conseguido usado pequenas fontes ou mini-cascatas, sem falar que essa é a parte do seu jardim que servirá para relaxar, tranquilizar. São objetos facilmente encontrados em lojas que vendem artigos para jardins ou produtos naturais.

Para completar é só escolher o lugar ou lugares certos para fazer o jardim sensorial dentro de casa, colocar as plantas em vasos bonitos e fora do alcance de crianças e animais domésticos e pronto, você terá a natureza mais perto. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Jardim

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *