Passiflora Edulis

Temos certeza que você conhece a espécie Passiflora edulis, basicamente esse é o nome científico do bom e velho maracujá. Quando estamos nervosos com alguma coisa ouvimos muito para tomar um suco de maracujá, não é mesmo? Mas, por que será que esse fruto azedinho tem essa fama? Para responder a essa e outras perguntas continue lendo.

Gênero Passiflora

Passiflora é um gênero que engloba diferentes tipos de plantas incluindo a espécie edulis que é a que produz o nosso famoso maracujá. A árvore que dá maracujás é chamada popularmente de maracujazeiro. Essa árvore é comum em regiões tropicais e subtropicais das Américas.

A Flor Ornamental do Maracujá

Uma curiosidade a respeito do cultivo de Passiflora edulis é que além da fruta também há foco na flor ornamental dessa planta. Outras espécies do gênero Passiflora também se caracterizam por apresentar a produção de frutos e flores ornamentais. Uma planta que é um espetáculo a parte. A polinização das flores da Passiflora edulis é feita por um inseto que parece uma abelha gigante e cujo nome popular é mamangava.

Conhecendo Melhor a Passiflora edulis

A Planta

A Passiflora edulis é uma planta do tipo trepadeira, laxante pilosa ou glabra. O caule dessa planta tem forma de cilindro com estrias. Em sua parte superior conta com pecíolo canaliculado assim como duas glândulas sésseis que está situadas perto da base. As folhas dessa planta são tilobadas. Os seus pedúnculos são articulados e presentes nas brácteas.

Qual o habitat natural da Passiflora edulis?

Pode ser encontrada particularmente em orlas de florestas e também em algumas localidades do Cerrado. Os solos úmidos e com boa drenagem são os favoritos dessa espécie. Está presente em toda a Mata Atlântica ou mesmo em formações de florestas. Pode ser encontrada na Amazônia, Pantanal e Caatinga.

Quais são as pragas que podem atacar o cultivo de maracujá?

Algumas doenças e pragas bastante específicas costumam atacar os maracujazeiros. Podemos destacar a virose que causa o endurecimento do fruto; a bacteiose; antracnose e murcha de fusarium. Esses ataques prejudicam a produção e resultam na necessidade de usar mais defensivos agrícolas.

Produção de Maracujá no Brasil e no Mundo

Em geral o cultivo com finalidade comercial se dá pelo seu fruto e tem grande força no sul da Flórida e no Caribe. O Brasil é o maior produtor e também o maior consumidor de maracujás do mundo. Para comercialização é importante que o maracujá seja de uma tonalidade bem amarela e com forma de elipse. Quando apresenta a tonalidade púrpura-escuro é porque já está madura. No interior dessa fruta geralmente há grande quantidade de sementes.

Suco e Polpa de Maracujá

Além de ser comercializado como fruta, o maracujá, também tem um papel bem importante para as indústrias de suco e polpa. Algumas modalidades promovem inclusive a mistura do suco ou polpa de maracujá com sucos de outras frutas como laranja.

Maracujá é Bom Para a Saúde

O consumo de maracujás com regularidade pode ser bastante interessante para a sua saúde. Isso porque nessa fruta azedinha é possível encontrar uma dose generosa de vitaminas como a A, C e do complexo B assim como minerais essenciais para nosso organismo como ferro, cálcio, sódio e fósforo.

Maracujá Para Acalmar

Desde a Antiguidade esse fruto é usado como calmante e sedativo e o motivo para o seu sucesso nessa área está nas suas folhas que atuam sob o sistema nervoso. Porém, é importante que se diga que a ação dessas plantas pode ir muito mais além do que simplesmente acalmar uma pessoa que esteja nervosa.

As folhas de maracujá podem ainda ter ação em casos de convulsões, asma, espasmos, fadiga, hiperatividade entre outros. Mas, antes de sair tomando muitas xícaras de chá de folhas de maracujá é essencial lembrar que elas possuem cianeto (ácido cianídrico) podendo acarretar numa séria intoxicação.

Observação

Essa é uma das 71 espécies vegetais cujo uso medicinal é autorizado pelo Ministério da Saúde sendo inclusive distribuída pelo SUS.

Experiências de Intoxicação

Na busca por compreender se as folhas de maracujá e outras espécies pertencentes ao gênero Passiflora seriam capazes de intoxicar foram realizadas experiências com animais. Na experiência borboletas da família Nymphalidae, que em sua fase de larva são imunes a cianeto, tiveram acesso a grande quantidade de folhas do gênero Passiflora. Quando as borboletas se tornaram adultas essas borboletas passaram a se tornar presas de aves que não suportaram a intoxicação a partir do cianeto absorvido durante a fase larval.

O Óleo de Maracujá e a Indústria

O óleo de maracujá é bastante utilizado por diferentes segmentos industriais, além de ser usado para fins alimentícios para seres humanos e animais, também é bastante usado na indústria cosmética para a produção de shampoos, cremes e loções além da indústria de tintas.

Usos de Beleza

No setor de cuidados com a beleza o óleo de maracujá possui grande destaque em especial para a fase de recuperação da pele pós-peeling. Esse óleo tem propriedades hidratantes que podem contribuir para dar uma aparência mais bonita mesmo para peles que são caracteristicamente secas. Pode ainda agir como um restaurador de peles com estrias. Os cosméticos que usam esse óleo em sua composição costumam trazer uma sensação de tranquilidade e redução do estresse.

Curiosidades Sobre o Maracujá

Nome Maracujá

Na língua Tupi a palavra maracujá significa “fruto dentro da cuia”.

Fruto da Paixão

O maracujá é conhecido sob a alcunha de fruto da paixão no Hemisfério Norte, mas saiba que se você pensou em algo romântico ou com fundo erótico está totalmente enganado, pois a origem desse nome se deve a fundo religioso. Os portugueses chamaram o fruto por esse nome ao observar a flor ornamental da planta fazendo referência a Paixão de Cristo. A flor do maracujá pareceu para os portugueses a coroa de espinhos de Jesus.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Naturais

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *